Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

The Travellight World

Inspiração, informação e Dicas de Viagem

The Travellight World

Inspiração, informação e Dicas de Viagem

Seg | 07.01.19

UM PASSEIO POR OVIEDO | ASTÚRIAS

fullsizeoutput_30bb

 Fotos: Travellight e H. Borges


Quando visitei Oviedo, choveu quase o tempo todo mas o encanto desta pequena cidade não se perdeu, pelo contrário, acho que me fez gostar ainda mais do lugar porque lhe conferiu uma certa aura de mistério.

 

Este canto escondido da Espanha, capital regional e coração cultural das Astúrias é um ótimo lugar para explorar quando o tempo não é muito e o orçamento apertado.

 

Diz a lenda que a origem do nome Oviedo remonta ao séc. VIII quando o Rei Fruela I das Astúrias, parou nesta região para almoçar e lhe perguntaram onde ele gostaria de construir uma cidade. Ele terá respondido em latim "Ubi edo" que significa “onde eu como” e a partir daí o local ficou conhecido com esse nome. 



Oviedo é uma cidade pequena, muito fácil de percorrer a pé. O centro histórico é rico e cheio de monumentos para visitar. A poucos passos de distância entre si encontramos a Igreja de Santa Maria la Real de la Corte; o Mosteiro de San Pelayo; os Palácios de Verlarde, Valdecarzana, Camposagrado e Toreno, o Museu de Belas Artes; a Junta General del Principado; o Palácio do Arcebispo e a Catedral de San Salvador.

 

fullsizeoutput_30c2

fullsizeoutput_30c7

fullsizeoutput_30be

fullsizeoutput_30bd

fullsizeoutput_30c5

fullsizeoutput_30c6

 

Estátuas de vários estilos estão espalhadas pelos quatro cantos da cidade...

 

fullsizeoutput_30ccoviedofullsizeoutput_30cd

fullsizeoutput_30c8


O Campo de São Francisco, localizado no centro, é o “pulmão” de Oviedo. É um grande jardim público de 90.000 m2 que oferece aos visitantes belos trilhos repletos de carvalhos e outras árvores de grande porte. Caminhos sinuosos levam a pequenos lagos onde encontramos cisnes, patos e pavões. Um dos monumentos do parque presta homenagem ao escritor Leopoldo Alas, mais conhecido por Clarín. 

 

Facetune_06-01-2019-14-41-48

 

Quem gosta de fazer grandes caminhadas pode  visitar o Cristo Redentor de Oviedo. Da cidade, ele parece pequeno, mas é uma estrutura impressionante quando vista de perto.


Oviedo conquista-nos pela sua história e monumentos mas também pelos seus sabores! A charcutaria e as tapas servidas nos restaurantes típicos são uma delicias! Os queijos - como o cabrales, o vidiago ou o gamonedo - também são divinos, com sabores bastante fortes e pronunciados.


Igualmente irresistíveis são os carbayones - bolos feitos com uma massa folhada recheada com uma mistura de ovo, amêndoas moídas e conhaque ou licor e depois cobertos com uma calda de açúcar.


Quem visita a cidade não pode deixar de provar a sua tradicional cidra. Esta bebida por ser muito fermentada tem de uma forma muito particular de ser servida. Os Espanhóis chamam-lhe “escanciar”. 

 

oviedo1


Eu estive em Oviedo no Inverno e havia um evento musical gratuito a decorrer na praça da catedral no centro histórico, mas disseram-me que os eventos e espectáculos gratuitos são comuns na cidade e que vale a pena ir por alturas do Carnaval ou em junho para o festival de San Juan.

 

Gostei bastante de Oviedo e não me importava nada de lá voltar…


Tchau!
Travellight

 

12 comentários

Comentar post