Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

The Travellight World

Inspiração, informação e Dicas de Viagem

The Travellight World

Inspiração, informação e Dicas de Viagem

Seg | 21.10.19

Turim | A cidade italiana perfeita para uma escapadinha de Inverno (e não só)

fullsizeoutput_40a6Fotos: Travellight e H. Borges

Conhecida por ser a sede do império automóvel da Fiat (e a casa da Juventus onde joga Cristiano Ronaldo 😉), Turim é uma das maiores cidades do norte da Itália. Pode não ser a cidade mais bonita ou até a mais interessante do país, mas tem alguma coisa que atrai, tem algo que apaixona…

Mesmo com a brisa dos Alpes a substituir a brisa do mar, a cidade da região do Piemonte ainda lembra o Mediterrâneo. Mesmo no Inverno, quando o clima arrefece, tem um toque alegre que toca a alma do visitante: Há gargalhadas de jovens na zona comercial e idosos a conversar no parque. Há esplanadas e bancos de jardim ao sol; cafés cheios de doces deliciosos e bonitas arcadas. Turim respira vida!

fullsizeoutput_40a7fullsizeoutput_40b1fullsizeoutput_40ad

É uma cidade grande? Sim é, mas tem muitos cantos perfeitos para parar e descansar. Pode ser num café centenário, na loja de flores ou na piazza…
As pessoas são simpáticas, gostam de falar com o turista, de comprar pão fresco na padaria, beber o seu café expresso, discutir o último jogo de futebol, de viver o momento! 😊

A cozinha é outra coisa que nunca desaponta em Turim, ou não fosse esta uma cidade italiana.

É grande a variedade de iguarias na região de Piemonte: Da trufa branca, servida com macarrão ou risotto a pratos como o bollito misto (cozido misto) ou a bagna càuda — um molho feito à base de alho, azeite, natas, manteiga e anchovas, onde depois se mergulha vegetais como brócolos, cenouras, aipo, couve-flor… É uma das entradas preferidas dos habitantes de Turim.

 

Lesso misto con salsa verde, di miele e mostarda

Mas há muito mais. Na fábrica de macarrão Pastificio Defilippis, fundada em 1872, ainda se enrolam nhoques à mão e a Gelateria Pepino, que abriu em 1884, continua a vender o famoso "Pinguino” — o primeiro gelado coberto de chocolate do mundo.

 

fullsizeoutput_40a9

E por falar em chocolate, sabiam que Turim é considerada a capital italiana do chocolate? É verdade!
O famoso gianduja, uma pasta de avelã e chocolate que está na origem da Nutella foi criado aqui. Resultou diretamente de um embargo inglês sobre o cacau durante as guerras napoleónicas.

Conta a história que para fazer face à escassez de cacau provocada pelo embargo, os fabricantes tiveram a ideia de misturar avelãs (muito abundantes em Piemonte), à mistura do chocolate, criando assim o clássico creme que faz sucesso até hoje 😋

Outro ícone da cidade, baseado em chocolate, é o bicerin, uma bebida feita com café expresso, chocolate e natas.

 

DSC08240fullsizeoutput_40ab

A cidade conta com um enorme número de cafés. Na Via Po, casa sim, casa não, encontramos um café, uma confeitaria ou uma pastelaria. Só a Piazza San Carlo, uma das principais praças de Turim, conta com três cafés históricos.

Provavelmente não há outra cidade no mundo com tantos cafés históricos ainda em funcionamento. Quando nos sentamos num deles, parece que ainda conseguimos sentir a atmosfera revolucionária e literária do século XIX.

Turim foi um centro literário durante muitos séculos, desde o estabelecimento da corte do Ducado de Sabóia até ao período posterior à Segunda Guerra Mundial. Nietzsche, Alexandre Dumas, Puccini, Rossini, Cavour e Cesare Pavese, todos foram clientes e frequentaram estes famosos cafés.

 

fullsizeoutput_40aefullsizeoutput_40a5fullsizeoutput_40b0

É uma cidade perfeita para descobrir a pé. Uma vez disseram-me que basta caminhar em qualquer direção e quando chegar a um cruzamento, escolher a via que parecer mais bonita. Posso comprovar que isto é verdade. A cada cruzamento, há um novo lado da cidade por descobrir, com magníficas igrejas, bonitas estátuas e portas antigas.

 

fullsizeoutput_40b5fullsizeoutput_40b2IMGP5395fullsizeoutput_40b4

Muita gente não sabe, mas Turim foi, por um curto espaço de tempo, a capital da Itália e possui ao todo 14 locais — entre palácios, villas e pavilhões de caça — pertencentes à Casa Real de Saboia, classificados como Património Mundial pela UNESCO. É um verdadeiro tesouro para quem se interessa por história.

Enquanto Roma está associada à Antiguidade Clássica e Florença ao Renascimento, Turim é por excelência a cidade real de Itália. Outras cidades italianas tiveram dinastias nobres no poder, mas estas reinavam com príncipes, reis ou imperadores sobre cidades-estado. O país só foi unido por Vittorio Emanuele II em 1861 e só Turim pode reivindicar a honra de ter sido a primeira capital da Itália unificada.

A grandeza de Turim pode ser testemunhada por toda a cidade: no Palazzo Reale, no Palazzo Madama, no Palazzo Carignano, nas grandes e majestosas avenidas e ruas comerciais, e, claro, em La Venaria, o equivalente de Versalhes em Turim.

 

fullsizeoutput_40b3fullsizeoutput_40b7fullsizeoutput_40b9fullsizeoutput_40b8

A arte está muito presente. Existem inúmeros museus e galerias assim como esculturas que embelezam locais públicos no centro da cidade.

 

fullsizeoutput_40c2

fullsizeoutput_40c4

De entre os museus destaca-se o fantástico e divertido Museu Nacional do Cinema, que traça a história da sétima arte desde os primórdios até hoje. Turim é a cidade onde o cinema italiano nasceu. As principais invenções e melhorias feitas em Turim contribuíram para transformar o cinema em tudo o que ele é hoje.

Está alojado no edifício mais famoso da cidade, o Mole Antonelliana e o seu design e estrutura tornam-o único no mundo.

 

fullsizeoutput_40bbfullsizeoutput_40af

Dignos de nota são igualmente o Centro Storico Fiat, incontornável para quem quer conhecer melhor a história da marca; O Museu Egípcio (o mais importante do mundo fora do Egito); Algumas peças históricas como o auto-retrato de Leonardo da Vinci e seu Codex sobre o voo das aves e ainda relíquias religiosas como o famoso Sudário de Turim.

 

museu_automovel_turim-7fullsizeoutput_40bcturimfullsizeoutput_40c0

A vida noturna também é animada, seja nas margens do rio Po (o Murazzi), na Piazza Vittorio Veneto, em San Salvario ou no Quadrilatero Romano. A cidade tem muitos lugares perfeitos para sair com amigos e apreciar um bom vinho Barolo.

 

fullsizeoutput_40c6

Sigam as minhas viagens mais recentes nas stories do Instagram

Tchau!
Travellight

 

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.