Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

The Travellight World

Inspiração, informação e Dicas de Viagem

The Travellight World

Inspiração, informação e Dicas de Viagem

Seg | 29.03.21

Tradições divertidas (e estranhas) de Páscoa à volta do mundo

fullsizeoutput_5760Foto: PxHere

A Páscoa é muito mais do que comer amêndoas e ovos de chocolate. É um feriado religioso importante, cheio de tradições sérias e costumes formais, no entanto, ao longo dos anos, algumas destas práticas foram sendo adaptadas e re-interpretadas com humor, resultando em atividades estranhas e bem dispostas.

Espreitem aqui algumas das tradições mais originais de Páscoa pelo mundo.

Distribuição de pretzels | Luxemburgo

Os luxemburgueses celebram o Bretzelsonndeg ou Domingo do Pretzel, no terceiro domingo da Quaresma. Segundo esta tradição, durante esse dia especial, os rapazes devem dar um pretzel à rapariga de quem gostam. Se ela aceitar a guloseima, significa que o rapaz a pode visitar no domingo de Páscoa e receber um ovo em troca. Se tudo isto acontecer num ano bissexto, os papéis invertem-se e são as raparigas a distribuir os pretzels.

breze_pretzels_salt_delicious_eat_crispy_bread_food-1034920.jpg!dFoto: PxHere

Arremesso de panelas de barro | Corfu, Grécia 

No sábado de Páscoa, às 11 horas em ponto, os residentes de Corfu atiram potes de barro (de todos os tamanhos) das suas janelas e varandas. A tradição remonta ao século XVI, quando as pessoas atiravam pela janela todos os pertences inúteis e velhos para se preparar para um ano novo. Os potes quebrados servem para espantar os maus espíritos e marcar um novo começo.

fullsizeoutput_5761Foto: Discovergreece.com

Påskekrimmen | Noruega

Uma parte importante do feriado de Páscoa na Noruega é o Påskekrimmen — a tradição de ler um romance policial ou ver uma boa série de mistério e crime na televisão. Se o feriado for passado numa cabana de montanha, o ambiente é especialmente adequado para uma noite assustadora a discutir quem pode ser o assassino.
A tradição ganhou tanta popularidade no país que até os pacotes de leite, durante esta festividade, vem com um mistério impresso, para os clientes resolverem.

mary_novel_pentaxmesuper_bookmark_thesecretgarden_fujifilmproplusii200-525068.jpg!dFoto: PxHere

Lutas de água | Polónia

Para os polacos, Páscoa que é Páscoa tem de incluir a celebração do Śmigus Dyngus, uma luta amigável de água. As festividades molhadas acontecem na segunda-feira de Páscoa onde muitos polacos se divertem atirando água uns aos outros. Antigamente, eram principalmente os solteiros que participavam das lutas de água, mas agora quase todos aderiram. As armas escolhidas são pistolas de água, garrafas vazias e, claro, os bons e velhos baldes.

water_fight_children_water_play_child_summer_fun_happy-938233.jpg!dFoto: PxHere

Super Omelete | Haux, França

Os ovos estão para a Páscoa como os presentes estão para o Natal — eles são provavelmente a comida festiva mais comum do mundo. Em Haux, França, cerca de 1.000 pessoas comem uma omelete gigante de Páscoa feita com mais de 4.000 ovos e mais de 45 quilos de bacon, alho e cebola.

1555833723663Foto: beyondpinkworld.com

Papagaios de papel | Bermudas

Nas Bermudas, fazer voar papagaios de papel é o passatempo favorito de todos durante as férias da Páscoa. Os bermudenses constroem os seus próprios papagaios, com varas de madeira, papel colorido e designs complexos. Tudo isto é finalizado com um tecido especial chamado “hummers” que emite um zumbido, conhecido como o som da Páscoa das Bermudas. Todos se reúnem e permitem que as suas belas construções voem alto, ou vão na Sexta-Feira Santa para a Praia de Horseshoe Bay, participar no Festival anual de papagaios de papel.

fullsizeoutput_5762Foto: PxHere

Halloween na Páscoa | Suécia

Na Suécia celebra-se o Halloween na primavera, na quinta-feira antes da Páscoa. As crianças fantasiam-se de bruxas (com vassouras e chaleiras de cobre) e vão de porta em porta pedir doces. As crianças costumam oferecer aos adultos ramos de salgueiro decorados ou desenhos em troca das guloseimas. A tradição vem da lenda de que as bruxas suecas iam a Blåkulla antes da Páscoa, para festejar com o diabo. Para garantir que as bruxas não voltam, os suecos queimam grandes fogueiras no domingo de Páscoa.

5a5c7ae7b615a-aster-1024x768Foto: Sweeden.se

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.