Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

The Travellight World

Inspiração, informação e Dicas de Viagem

The Travellight World

Inspiração, informação e Dicas de Viagem

Ter | 03.03.20

Tallinn | Estónia

Tallinn é a capital e o centro cultural da Estónia. É pequena e charmosa, está cheia de cafés encantadores e museus interessantes. É difícil não ficar apaixonado quando entramos na cidade velha e nos deparamos com as suas casas coloridas, arquitetura singular e ruas medievais. É raro ver uma cidade antiga tão bem preservada. 

fullsizeoutput_45e0

Comecei o meu passeio pela Raekoja Plats (Praça Municipal), uma enorme praça, localizada no coração da cidade velha, onde se encontra a Câmara Municipal e uma série de edifícios pitorescos e coloridos, que parecem ter saído de um conto de Hans Christian Andersen.

A Câmara de Tallinn, tem uma torre alta e é uma das mais antigas dos países bálticos e escandinavos. No verão é possível subir até ao topo da torre para apreciar a vista, mas eu optei por não o fazer.

Os edifícios coloridos e antigos que a rodeiam, já foram lojas de mercadores locais, mas hoje são principalmente restaurantes e cafés com esplanadas onde nos podemos sentar e ver a vida passar. Durante o verão, acontecem nesta praça eventos musicais e festivais medievais e no inverno, segundo me disseram, realiza-se aqui um enorme mercado de Natal com uma imensa árvore decorada no centro. Deve ser muito bonito de ver 😃.

fullsizeoutput_45e1fullsizeoutput_45e6    Fotos: Travellight e H.Borges

No canto da praça, à esquerda da Câmara Municipal, fica a Raeapteek — uma das farmácias mais antigas da Europa.

Ainda hoje se encontra em funcionamento e tem uma área moderna onde se aviam as receitas, mas ao fundo, tem uma espécie de museu que exibe frascos de remédios antigos e apetrechos farmacêuticos usados ao longo dos últimos séculos.

_MGP4675.JPGfullsizeoutput_45f6fullsizeoutput_45f8

A cidade velha de Tallinn é composta pela parte “alta” e pela parte “baixa”, mas tal como a maioria dos centros históricos de países de leste, é muito fácil de percorrer a pé.

Um dos principais pontos turísticos a visitar na baixa da cidade é a igreja de São Olavo, que remonta ao século XII e já foi o edifício mais alto do mundo. Hoje é difícil de acreditar nesta afirmação, mas a sua torre ainda impressiona e é visível de quase todos os lugares da cidade.

fullsizeoutput_4601

A Vabaduse Valjak (Praça da Liberdade) é provavelmente a maior praça da cidade baixa e, certamente, a mais moderna. Abriga um monumento à Guerra da Independência e a Igreja de São João, mas fora isso, não tem grande interesse.

Passando o Monumento da Guerra da Independência encontramos uma parte da antiga muralha da cidade e algumas das torres de defesa, incluindo Kiek in de Kok — uma torre ainda intacta e que atualmente funciona como museu militar.

A torre era tão alta que os soldados a chamavam, por piada “Kiek in de Kok”, que significa “espreitar a cozinha”, pois diziam que dali conseguia-se ver as cozinhas das casas que ficavam em baixo.

As muralhas da cidade de Tallinn são incríveis. As 20 torres, ainda intactas, formam uma imagem única do horizonte da cidade. Três das torres são de acesso público e permitem ver a cidade de todos os ângulos. Essas torres são chamadas de torres Nunna, Sauna e Kuldjala.

fullsizeoutput_45eafullsizeoutput_45f9fullsizeoutput_45ed

Quem gosta de chocolate, antes de subir para a parte alta da cidade tem de parar na Chocolaterie de Pierre. Tudo aqui tem chocolate: as bebida, os bolos e, obviamente, todas as trufas artesanais com todos os tipos de sabores. É uma tentação!!
A decoração é surreal, um pouco estranha… Muito bric à brac, toalhas de cores garridas, luzes baixas… às tantas não sabes se estás num velho boudoir francês, numa loja de antiguidades ou na sala de estar da tua avó, mas o chocolate, oh meu Deus, o chocolate vale mesmo a pena! 😋

_MGP4676.JPG_MGP4677.JPG_MGP4678.JPG

Para chegar à parte alta da cidade o melhor é voltar até à Raekoja Plats (Praça Municipal) e seguir por uma rua chamada “Kinga”, onde encontramos placas que indicam a Colina de Toompea.

É um passeio agradável até ao topo. Eu, que adoro arquitetura, fui sempre de “nariz no ar” a ver as casas em tons pastel e as originais (e famosas) portas de Tallinn. Pelo caminho passei também pela muralha da cidade e por uma universidade.

fullsizeoutput_45fffullsizeoutput_45fbfullsizeoutput_45fcfullsizeoutput_45fd

Em pouco tempo avistei a impressionante Catedral Alexander Nevsky. É uma igreja ortodoxa russa com grandes cúpulas e maravilhosos paineis de mosaico.

fullsizeoutput_45f0fullsizeoutput_45f1fullsizeoutput_45f2

Frente à catedral fica o Castelo Toompea, hoje sede do parlamento da Estónia. Os visitantes podem entrar gratuitamente e ver um pouco deste lugar que remonta ao século XIII.

A Praça Kiriku e a sua enorme Catedral não ficam longe e também merecem uma paragem.

Saindo da Praça e seguindo pela rua Kohtu, cheguei a um dos pontos turísticos mais populares de Tallinn — O Miradouro de Kohtuotsa.

Uma vista fantástica sobre a cidade, com as suas icónicas torres de igreja e telhados vermelhos, revelou-se perante os meus olhos e confirmou aquilo que eu já sabía… Como é bonita Tallinn!

Na parte esquerda do miradouro, está o local mais fotografado da cidade — Uma parede rosa com a frase “The Times we had …”, escrita a preto. É uma frase apropriada e uma maneira quase poética de terminar uma visita a esta cidade.

fullsizeoutput_4600

Tallinn revelou-se uma cidade especial… Tem algo de mágico, que não consigo pôr em palavras.

Ahh Tallinn… The times we had…

 

Tchau!

Travellight

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.