Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

The Travellight World

Inspiração, informação e Dicas de Viagem

The Travellight World

Inspiração, informação e Dicas de Viagem

Ter | 17.12.19

Paris (ainda) é uma boa ideia? Mais oui, bien sûr!

Há muito considerada o epicentro da moda, arte, cultura, gastronomia e romance, a capital francesa não precisa de muitas apresentações. Apesar da agitação social, manifestações e greves que nos últimos tempos tem abalado a cidade, Paris com as suas elegantes avenidas, bons restaurantes e grandes museus, tem um inegável je ne sais quoi que continua a seduzir até o mais experiente dos visitantes.

winter-in-paris-eiffel-tower-in-snow

Para quem não está muito familiarizado com a geografia de Paris e anda a tentar decidir qual o melhor local para se hospedar, é importante saber que a cidade está separada pelas duas margens do rio Sena e é dividida em 20 distritos (arrondissements), cada um com o seu próprio estilo e atmosfera.

Na margem direita, fica o sofisticado 1º Arrondissement que abriga locais emblemáticos como o Louvre e o Jardin des Tuileries, O Champs-Elysées são o coração do exclusivo 8º Arrondissement e espalhado pelos 3º e 4º Arrondissements, o Marais é um dos bairros mais modernos da cidade.

Na margem esquerda, destacam-se o 6º e 7º arrondissements, onde podemos encontrar cafés históricos e grandes atrações como o Musée d'Orsay, Musée Rodin e a Torre Eiffel. O 5º arrondissement, por sua vez, tem como pontos mais conhecidos, o Quartier Latin e a famosa Universidade Sorbonne.

CULTURA

Com um total de 150 museus, Paris é indiscutivelmente uma das capitais artísticas do mundo.
O Louvre é sempre uma paragem obrigatória para quem ama a arte — o pior é a quantidade de turistas que pensa exatamente o mesmo que nós. Para evitar as grandes multidões o melhor é aproveitar as aberturas noturnas às quartas e sextas e passar no museu de noite — sempre é uma experiência um pouco diferente (e mais calma).

O Musée d'Orsay, com a sua coleção de arte impressionista é outro ponto obrigatório. Não deixem de visitar o relógio que fica no último piso — dá uma foto espetacular! Se tiverem fome parem no restaurante do museu (1ª andar) — ainda é tão magnífico quanto devia ser quando foi inaugurado em 1900. O mobiliário moderno dá um toque atual aos lustres deslumbrantes e aos belos tetos desta sala, hoje classificada como Monumento Histórico. O chef Yann Landureau propões cozinha tradicional francesa, intercalada com pratos originais inspirados em eventos que periodicamente decorrem no museu.

Outros lugares que gosto de visitar quando estou na cidade principalmente para ver as exposições temporárias são o Centro Pompidou e a Fundação Louis Vuitton.

IMG 22456

HAUTE CUISINE

Interessados em provar as maiores iguarias da cidade? Reservem mesa no L’ Astrance, restaurante do chef Pascal Barbot, já golardoado com estrelas Michelin. Fica no 16º arrondissement e oferece um menu de degustação que combina a moderna cozinha francesa com influência do Extremo Oriente. 

Alain Ducasse, um dos chefs mais emblemáticos de França tem um restaurante num barco — o Ducasse sur Seine. Optem pelo almoço para ver melhor as vistas, ou pelo jantar para ver as luzes da cidade. É uma experiência bastante romântica 😍

O restaurante Arpège do chef Alain Passard, localizado bem perto do Musée Rodin tem conseguido manter as suas estrelas Michelin por mais de duas décadas. O menu apresenta ótimas opções vegetarianas e pratos preparados com produtos colhidos na própria horta orgânica do restaurante.

fullsizeoutput_42f2

ARCADAS ELEGANTES

Na viragem do século XIX, Paris abrigava, sob bonitas arcadas, mais de 200 passagens repletas de lojas e cafés da moda. Hoje, destas 200 só restam cerca de 20 e muitas encontram-se no 2º arrondissement.

A Passage des Panoramas, na Boulevard Montmartre, é uma das principais. Já a Passage Jouffroy, onde a luz do sol flui através de um telhado de vidro tem como destaque o café Le Valentin e a restaurada Galerie Vivienne abriga lojas de moda, uma casa de chá, restaurantes, livrarias...Tem um belo piso em mosaico e uma arquitetura neoclássica, que segundo me disseram, foi inspirada em Pompéia.

Entrem também na Galerie Colbert, que fica nas proximidades, para se maravilharem com a sua bela cúpula de vidro e terminem na Galerie Véro-Dodat, que possui um lindo piso em azulejo preto e branco e lojas icónicas como a boutique de Christian Louboutin.

108056406_o

MERCADOS E FEIRAS

Procuram alguma coisa especial, antiguidades ou delicias gourmet? Então tem de visitar os mercados e feiras de Paris.

O Marché aux Puces St-Ouen, fundado em 1870, é uma dos maiores feiras da ladra da cidade. Aberto de sábado a segunda-feira, é uma visita obrigatória para os amantes da arte e do design, com mais de 2.000 barracas vendendo antiguidades, pinturas e bric-a-brac.

Os foodies devem seguir antes para o Marché Bastille. Aberto de quinta a domingo, tem mais de 150 barracas cheias de produtos locais e especialidades sazonais, como trufas.
Para um almoço rápido entrem no Marché des Enfants Rouges (fechado às segundas-feiras). Inaugurado em 1615, este mercado coberto tem barraquinhas que servem especialidades de várias cozinhas do mundo.

IMG 5691

LOJAS

Lojas maravilhosas é o que não falta em Paris, ou não estivéssemos a falar de uma das capitais da moda europeia.
Quem gosta de um estilo urbano, tem de visitar a Nous. Esta loja abriu em 2018 na Rue Cambon e é especializada em street wear, relógios exclusivos e acessórios de alta tecnologia.

L'Appartement Sézane é mais para quem procura um estilo essencialmente francês, mas sem gastar muito. Este showroom milenar em tons de rosa, fica no elegante bairro de Grands Boulevards e destaca a marca cult, conhecida pela sua estética descontraída e feminina.

A Gang of Earlybirds, fica em Marais e é uma boutique moderna que vende peças de alguns dos melhores designers internacionais. A loja apresenta uma seleção cuidadosamente selecionada de artigos de vestuário, acessórios e joias para mulheres.
Instalada numa antiga fábrica, A Merci — localizada no mesmo bairro — é uma loja concetual, com três pisos, que vende artigos para o lar, moda feminina e masculina, produtos de beleza, artigos de papelaria e muito mais. 

As icónicas lojas de departamentos Printemps e as Galerias Laffayet são o local ideal para quem quer fazer compras, mas não quer perder demasiado tempo a andar pela cidade.

loja Merci em Paris

 

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.