Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

The Travellight World

Inspiração, informação e Dicas de Viagem

The Travellight World

Inspiração, informação e Dicas de Viagem

Qua | 10.11.21

Os festejos de São Martinho em Portugal e na Europa

fullsizeoutput_6103

No dia 11 de Novembro, Dia de São Martinho, em Portugal realizam-se magustos, assam-se castanhas e bebe-se água-pé, jeropiga e o vinho novo produzido com as uvas apanhadas no verão.   

Mas sabiam que o Dia de São Martinho festeja-se também um pouco por toda a Europa?

Espreitem aqui como são as celebrações mais especiais!

Espanha

Em Espanha, este dia chama-se San Martín e marca o início da época em que se faz a matança do porco. Esta tradição deu origem ao ditado popular "A cada cerdo le llega su SanMartín" (“cada porco tem o seu São Martinho”), ou seja, cada pessoa receberá o pagamento adequado pelos atos incorretos que cometeu.  

Grã-Bretanha

Na Grã-Bretanha, o Saint Martin’s Day é também chamado de Martinmas. Como a sua data coincidia com o final das colheita, na Idade Média era a desculpa perfeita para festejar o fim do outono e o início dos preparativos para o inverno.

Uma das feiras de Martinmas mais famosas era em Nottingham. Durava 8 dias e vinham pessoas de toda a Europa para festejar e fazer negócios. Tradicionalmente, o ganso, era a carne de eleição para as comemorações, ao lado da carne de vaca, da morcela e do haggis.

O simbolismo do ganso está ligado a uma lenda que diz que, ao tentar evitar ser ordenado bispo, São Martinho se escondeu dentro de uma cerca de gansos apenas para ser traído pelo grasnar dos pássaros. Por isso até hoje, em Inglaterra e em muitos países da Europa, muitas pessoas ainda celebram Martinmas com jantares de ganso assado.

Tal como em Portugal que tem o “verão de São Martinho”, o folclore na Inglaterra também faz referência à temperatura nesse dia. Se estiver quente, dizem que o inverno será rigoroso; se ao contrário o tempo no Martinmas estiver gelado, o Natal será mais quente.

Alemanha

Na Alemanha, era costume acenderem-se fogueiras — as Martinsfeuer, que representavam a luz dos santos, e assar-se ganso ou porco. Atualmente, organizam-se procissões, as chamadas Martins-Zuge, nas quais as crianças saem à noite com lanternas, cantando músicas e recebendo doces. A procissão inicia-se com um homem de capa vermelha montado num cavalo, que representa São Martinho. Os adultos bebem Gluhwein o vinho quente tradicional.

Croácia   

Na Croácia, o Dia de São Martinho simboliza o dia em que as uvas fermentadas são transformadas em vinho. Seguindo a tradição, as uvas, consideradas impuras, são “batizadas” pelo dono da casa que se veste de bispo. Nesta época, os pratos característicos são o ganso e o mlinci, uma espécie de sopa de pão.  

Itália

Na Itália o São Martinho é festejado principalmente à mesa. Além das castanhas assadas, também se come um zeppole ou um frittelle di San Martino; ensopado de carne de porco e biscoitos de São Martinho (bolachas duras com sabor a erva-doce que devem ser comidas depois de embebidas em vinho moscatel de Pantelleria).

Nesse dia as crianças andam pelas ruas com tachos e pedem doces ou dinheiro, recitando poemas.      

Portugal

Portimão é uma das cidades portuguesas com maior tradição no Dia de São Martinho. A Feira de São Martinho de Portimão remonta a 1662 e é um dos eventos mais populares da localidade. Penafiel também tem uma importante Feira de São Martinho onde brilha a gastronomia regional, os magustos e as provas de vinho.  

A Feira da Castanha e do Castanheiro de Marvão é um dos ex-líbris daquele concelho do Alto Alentejo e nos festejos não faltam magustos, mercados de produtos locais e animação de rua.  Já em Vila do Conde a tradição passa por acompanhar um prato de castanhas com roscas de pão de trigo e nozes. 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.