Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

The Travellight World

Inspiração, informação e Dicas de Viagem

The Travellight World

Inspiração, informação e Dicas de Viagem

Ter | 28.11.17

O MAR MORTO

fullsizeoutput_1ebd.jpeg

   Crédito de fotos: Travellight, H.Borges e R.J. River

 

Estava um calor desgraçado e eu tinha pressa de chegar. Fiz o check-in no Hotel e corri para a praia.

 

Ali estava ele, bem na minha frente, o grande Mar Morto!


Esse enorme lago, localizado entre a Jordânia e Israel, e que não desmente o seu nome - tirando os turistas - quase não há sinais de vida na água. É um dos lugares mais estéreis à face da Terra.

 

fullsizeoutput_1ebe.jpeg

 

No entanto é um sitio cheio de curiosidades:

 

A água, disseram-me, mantém a temperatura constante de 22 graus o ano todo.

 

A salinidade é dez vezes superior à dos oceanos o que dá à agua quase a consistência de um óleo.


Não te aconselham a ficar mais de 15 minutos dentro do Mar, e assim que entras percebes porquê. Por mais que seja divertido flutuar ali - sim, porque com tanto sal, tu não afundas de maneira nenhuma - a tua pele em pouco tempo começa a arder e maior é o azar se ainda por cima te lembrares de esfregar os olhos com as mãos molhadas daquela água. Eu tive esse infeliz reflexo e fiquei a chorar por mais de dez minutos. Mesmo passando por água doce, os olhos não paravam de arder e lacrimejar.

 

IMG_4102.JPG

 

Mas o Mar Morto não tem só sal. Na verdade ele está cheio de outros minerais, como magnésio, brometo e potássio que dão à sua lama preta propriedades terapêuticas e ajudam no tratamento de várias alergias, doenças de pele e dos ossos. Não é por acaso que as suas margens, tanto do lado da Jordânia como do lado de Israel estão cheias de hotéis e SPAS que oferecem aos seus hospedes todo o tipo de tratamentos.

 

Nas praias dos hotéis costuma haver enormes vasos cheios desta lama medicinal. As pessoas espalham aquilo no corpo e ficam todos a parecer figurantes do filme O Monstro da Lagoa Negra. 😜

 

IMGP6935.JPG

 

Eu também espalhei um pouco da lama no corpo antes de entrar no mar, mas devo admitir que o cheiro não era muito agradável (cheirava um pouco a enxofre) mas depois de me lavar, a pele ficou super macia 😊

 

Este é também o lugar mais baixo da Terra, situa-se 420 metros abaixo do nível do mar e está a desaparecer rapidamente.

 

Imagem de 28-11-17 às 03.40.jpg

 

Nos últimos cinquenta anos o Mar Morto perdeu cerca de 35% da sua superfície. Para contrariar esta tendência, Israel, Jordânia e Autoridade Palestiniana assinaram um acordo para construir um aqueduto que transferisse água do Mar Vermelho para o Mar Morto, mas é um projecto controverso porque segundo os ambientalistas isso vai alterar a composição química do Mar Morto que é completamente diferente da de outras massas de água.

 

A descida do nível das águas tem uma consequência inesperadamente agradável (ainda que pouco duradoura): revela belos tesouros que antes estavam escondidos.

 

Surgem novas “praias de sal” com formações rochosas impressionantes e maravilhosas.

O fotógrafo Israelita Noam Bedein, que conhece bem a região acompanha turistas e outros interessados num passeio de barco que desvenda ilhotas, grutas, “cogumelos”, “chaminés” e tantas outras belezas únicas todas compostas de sal. O passeio pode ser marcado aqui 

 

DEAD SEA.jpg

 

A parte trágica da história é que uma vez não cobertas pela água, estas magnificas formações secam sob o sol e, eventualmente, desmoronam e desaparecem ...

 

Se tem interesse em conhecer este Património da Humanidade não esperem muito mais tempo, é possível que em breve ele desapareça por completo!

 


COMO CHEGAR:

 

Uma vez que não está localizado perto de nenhuma cidade importante, podem achar complicado viajar para o Mar Morto  por isso deixo aqui algumas informações básicas:

 

1- Podem optar por visitar a região na Jordânia ou em Israel. Ambas as áreas são bonitas e tem muitos hotéis, mas a margem Israelita tem águas mais claras e mais formações de sal.

 

2- Em Israel as três principais áreas turísticas da região são Ein Bokek, Ein Gedi e Masada. Os táxis são caros mas há autocarros que saem de Tel Aviv, de Jerusalém e do Aeroporto Ben Gurion para a área do Mar Morto e que param nestes três pontos mas a maneira mais rápida e conveniente de viajar para o Mar Morto é de automóvel. Existem várias empresas de aluguer localizadas em todas as principais cidades de Israel, bem como no aeroporto de Ben Gurion.

 

Distâncias:

Tel Aviv - Mar Morto: 170km
Jerusalém - Mar Morto: 100 km
Aeroporto Ben Gurion - Mar Morto: 160 km

 

3- Do lado da Jordânia é possível fazer uma excursão de um dia a partir de Amã ou de Aqaba ou apanhar um táxi. O táxi pode custar o equivalente a 25 ou a 50 Euros conforme for um táxi da cidade ou um arranjado pelo hotel.


Muitos hotéis tem também autocarros próprios que por uma taxa levam os hospedes de Amã para o Mar Morto.

 

Tchau!

Travellight

 

 

2 comentários

Comentar post