Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

The Travellight World

Inspiração, informação e Dicas de Viagem

The Travellight World

Inspiração, informação e Dicas de Viagem

Qui | 26.03.20

Lago di Carezza, o lago arco-íris

Os bonitos desenhos com um arco-íris e a frase “vai ficar tudo bem”, que por estes dias nos animam tanto, lembram-me sempre um lugar que tive a sorte de visitar no ano passado — o Lago di Carezza, também conhecido como o lago arco-íris.

fullsizeoutput_46f1Fotos: Travellight e H. Borges

Há lugares na Terra, que pela sua beleza estonteante parecem quase irreais. O Lago di Carezza é um desses locais.

Alimentado por nascentes subterrâneas, este pequeno lago fica localizado à sobra da montanha Latemar, que pertence à cadeia montanhosa das Dolomitas, no Tirol do Sul.
O nível da água do lago muda constantemente ao longo do ano, sendo mais baixo no outono e mais alto na primavera quando a neve do inverno começa a derreter.

No inicio da manhã, quando os primeiros raios de sol iluminam o Carezza, todo o lago parece ganhar vida. É um cenário de sonho. 😍
As águas brilham intensamente com cores vivas e as montanhas que circundam o lago são refletidas nele como se de um espelho se tratasse.

fullsizeoutput_46f3fullsizeoutput_46f4fullsizeoutput_46f5fullsizeoutput_46f8

Caminhar em redor do lago leva cerca de 30 a 50 minutos, dependendo das vezes que paramos para o fotografar e admirar e uma visita ao nascer do sol, quando a névoa ainda cobre parte da floresta, pode ajudar-nos a perceber melhor porque este local serviu de inspiração e foi objeto de tantos mitos e lendas.

fullsizeoutput_46f9fullsizeoutput_46fafullsizeoutput_46f6fullsizeoutput_46e3fullsizeoutput_46fbfullsizeoutput_46fefullsizeoutput_46ff

A mais famosa lenda conta que, há muitos, muitos anos, viveu em Carezza um mago chamado Masaré que se apaixonou perdidamente por uma ninfa do lago.

A ninfa costumava sentar-se na beira da água a cantar e a pentear os seus longos cabelos. Ela era belíssima, mas também terrivelmente tímida e fugia sempre que via alguém.

Sem saber o que fazer para a conquistar, Masaré consultou uma feiticeira que o aconselhou a disfarçar-se de vendedor de joias para atrair a atenção da ninfa e depois criar um arco-íris que fosse do Monte Catinaccio à montanha Latemar para a impressionar.

Ele assim fez, mas a ninfa reconheceu-o e sem lhe dar uma oportunidade fugiu e desapareceu do lago para sempre. Cheio de raiva e tristeza, o mago lançou o arco-íris e todas as joias no Lago di Carezza e é por isso que ainda hoje ele ostenta o brilho mágico das joias e todas as cores do arco-íris!

fullsizeoutput_46e4

Tchau!

Travellight

6 comentários

Comentar post