Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

The Travellight World

Inspiração, informação e Dicas de Viagem

The Travellight World

Inspiração, informação e Dicas de Viagem

Qui | 27.01.22

Brisas do Lis | Os docinhos de Leiria

fullsizeoutput_632f

A origem da receita das Brisas do Lis não é completamente clara. Uns dizem que a iguaria nasceu das mãos das monjas do Convento de Santana, outros que se deve a Georgina Santos, uma senhora que pertencia a uma conhecida família da cidade de Leiria e que em Angola, país onde viveu, conheceu e tornou-se amiga de Maria do Céu Lopes, com quem começou a trocar receitas.

Mais tarde, nas primeiras décadas do século XX, de regresso a Portugal, mais concretamente a Leiria, a amizade das duas senhoras converteu-se em sociedade e deu origem ao carismático Café Colonial, que ainda hoje é recordado como um dos mais emblemáticos da cidade do Lis. 

Foi nesse café que se iniciou o fabrico do doce, então chamado de Beijinhos do Lis. Rapidamente este nome deu origem a trocadilhos malandros, por parte de clientes mais brincalhões, o que levou à sua alteração para o atual Brisas do Lis. 

As Brisas do Lis ganharam tal fama, que não tardou para que outras pastelarias da cidade começassem a reproduzi-las, e as receitas multiplicaram-se, tendo como base as gemas, o açúcar e a amêndoa. 

No entanto a receita original, do início do séc. XX, continua bem guardada no segredo dos deuses. Esta receita que aqui partilho é apenas uma das possibilidades de as confecionar. 

 

INGREDIENTES

10 gemas de ovo

250 gr de açúcar

100 gr de amêndoa

Água

Margarina (para untar as formas)

Açúcar (para polvilhar)

 

PREPARAÇÃO

Levar o açúcar ao lume com água até ficar em ponto de calda. À parte, triturar as amêndoas q.b., sem que fiquem em pó. 

Juntar as gemas com a amêndoa e misturar a calda, aos poucos, mexendo sempre.

Untar 10 formas individuais com margarina e polvilhá-las com açúcar. 

Encher as formas com o preparado e colocá-las num tabuleiro com água. Levar ao forno, em banho maria.

Quando estiverem prontas, retirar do forno, desenformar as Brisas do Lis e colocar em formas de papel frisado branco.

 

Receita retirada do site www.brisasdoliz

 

2 comentários

  • Tomara eu, poder enviar-vos estas delicias pelo ecrã
    Na impossibilidade de melhor, envio beijinhos
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.