Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

The Travellight World

Inspiração, informação e Dicas de Viagem

The Travellight World

Inspiração, informação e Dicas de Viagem

Qui | 04.11.21

6 Fontes termais para visitar neste Inverno

Com o tempo a ficar mais frio, que tal planear umas férias de inverno num lugar onde se pode mergulhar em fontes termais quentinhas e relaxantes?

As águas das fontes termais, para além de estarem cheias de minerais que podem fazer maravilhas pela nossa pele e corpo, também estão, muitas vezes, localizadas em cenários naturais de tirar o fôlego.

Estes seis destinos são um bom exemplo disso:

1. Parque Terra Nostra, Açores

90327298Foto: Terra Nostra Garden Hotel

A Piscina Termal do Parque Terra Nostra é sem dúvida um dos destaques dos Açores. Construída em 1780, por Thomas Hickling — o cônsul americano que teve a ideia original do Parque Terra Nostra — a Piscina Termal passou a fazer parte do conjunto dominado pelo Yankee Hall, uma casa de férias propriedade de Hickling. A piscina era bem menor naquela época, mas já tinha uma “ilha” no meio, com uma ponte que a ligava ao terreno. Foi ampliada em 1935, adquirindo a sua forma actual.

A nascente de água termal que alimenta o tanque, a uma temperatura entre os 35 e 40 graus celsius proporciona uma sensação de repouso e relaxamento como poucos sítios no mundo, e a água, carregada de minerais essenciais, é uma das melhores formas de recuperar energias e entrar em contato com a natureza mística que preenche o Parque Terra Nostra e o Vale das Furnas.

2. La Fortuna, Costa Rica

3-tabacon-hot-springsFoto: arenal.net

La Fortuna fica na base do Vulcão Arenal a cerca de 3 horas de distância de San Jose.

As fontes termais vulcânicas na área são abundantes e as paisagens em volta exuberantes e cheias de vida selvagem. Muitos resorts aproveitam as fontes naturais e oferecem roupões felpudos e uma taça de espumante para acompanhar os banhos, mas também há muitos lugares afastados e imersos na natureza para descobrir. Se virem carros estacionados à beira da estrada, juntem-se a eles e sigam a trilha. As probabilidades de acabar numa fonte termal são grandes!

Leiam mais sobre as fontes termais de La Fortuna aqui.

3. Tolantongo, México

GRUTAS-TOLANTONGO-MEXICO-2003Foto: Gobierno de México

Tolantongo é um destino de fontes termais mexicanas extremamente pitorescas, localizado em Hidalgo (cerca de 3 horas a noroeste da Cidade do México). Aqui, piscinas infinitas de formas e tamanhos variados, cheias de águas termais naturais, caem em cascata pela encosta de uma montanha. Os degraus sobem e descem entre as piscinas e até existem cavernas de onde brotam as águas minerais, nas quais é possível nadar. Existem várias opções de hotéis no local e acampar no parque também é permitido.

4. Saturnia Terme, Itália

ab955f66-0bba-4812-83a8-2234528abede-istock-93428617Foto: Itinari.com

A pequena cidade de Saturnia fica no topo de uma colina com vista para os campos rurais da Toscana. A cidade é habitada desde a antiguidade, quando os etruscos e os romanos acreditavam que as águas quentes, ricas em minerais e sulfúricas, eram um presente dos deuses. Hoje, podemos optar por visitar as fontes termais e quedas de água gratuitas da área ou planear uma estadia num resort 5 estrelas próximo, com spa e campo de golfe.

5. Hakone, Japão

fullsizeoutput_60a7Foto:Hakone Yuryo.jp

Hakone está localizado no Parque Nacional Fuji-Hakone-Izu, famoso pelo lago Ashi, pelo santuário xintoísta Hakone Jinja e pelas vistas deslumbrantes para o Monte Fuji.

A cidade tem muitas onsen ou fontes termais por onde escolher, muitas fazem partes de banhos públicos ou de pousadas. Tenzan, Hakone Kamon e Hakone Yuryo são algumas das mais populares.

As charmosas pousadas são na sua maioria bons exemplos da bonita arquitetura tradicional japonesa e merecem uma visita não só pelos banhos termais, mas por toda a envolvência cultural.

6. Lagoa Azul, Islândia

20157335_Ho0iRFoto: Travellight

Seria difícil falar sobre as melhores fontes termais sem incluir, talvez, a mais famosa do mundo: a Lagoa Azul da Islândia. As águas azuis etéreas leitosas da Lagoa Azul são cercadas por campos de lava negra, que criam uma paisagem surreal, principalmente no Inverno, quando toda a área fica coberta de neve. É preciso pagar para entrar, mas o bilhete inclui o uso de uma toalha, máscara de lama e uma bebida grátis. Os complementos incluem massagens, experiências gastronómicas e muito mais.

Quem não quiser pagar, pode sempre explorar as piscinas quentes islandesas de Seljavallalaug, as fontes termais de Reykjadalur ou as fontes termais de Hrunalaug.

Leiam mais sobre a Lagoa Azul aqui.

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.