Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

The Travellight World

Inspiração, informação e Dicas de Viagem

The Travellight World

Inspiração, informação e Dicas de Viagem

Ter | 30.11.21

5 resorts de esqui “tudo incluído” para conhecer no inverno

Entre pausas para beber chocolate quente, almoços no hotel e bilhetes para teleféricos, o custo de umas férias na neve pode subir mais rápido que um elevador. Reservar um resort de esqui “tudo incluído” pode ajudar a poupar dinheiro e evitar discussões no momento de decidir se aquele cocktail aprés-ski realmente vale o que custa.

Da Europa à América do Norte, estes são alguns dos melhores resorts de esqui “tudo incluído” do mundo.

fullsizeoutput_617cFoto: PxHere

Club Med Alpe d'Huez, França

Situado na montanha Grandes Rousses, o Club Med Alpe d'Huez oferece muito terreno para esquiadores de todos os níveis, além de vistas deslumbrantes dos Alpes do Sul. Ir esquiar em Alpe d'Huez é descobrir uma incrível zona de esqui com os maiores desníveis, desde o topo do glaciar, a 3.300 metros de altitude, até às aldeias do Vale do Oisans.

Após uma recente renovação, os 441 quartos deste resort estão mais confortáveis ​​do que nunca.

Além de esqui e snowboard, a caminhada nórdica, o trenó em realidade virtual, o trenó puxado por cães, o SPA e aulas de ioga estão incluídos no preço da diária.

Club Med St Moritz, Suíça

Aninhado no sopé de montanhas cobertas de neve, o Club Med Saint-Moritz Roi Soleil fica a uma altitude de 1.750 m, a poucos passos da cidade. Este hotel Club Med com tudo incluído é a base perfeita para explorar tudo o que St Moritz tem para oferecer.

O resort tem 311 quartos de hotel de estilo contemporâneo, restaurantes com cozinha deliciosa e criativa e atividades que permitem a adultos e crianças combinar desporto, descanso e descoberta.

Incluido está o esqui alpino, o fitness club e wellness center, o esqui cross-country e as caminhadas guiadas.

Triple Creek Ranch, Montana, EUA

Situado no coração da deslumbrante Cordilheira Bitterroot, nas Montanhas Rochosas de Montana, o Hotel Triple Creek Ranch é membro do prestigiado Relais & Châteaux e oferece aos viajantes uma experiência de férias epicurista com tudo incluído para que desfrutem de um cenário verdadeiramente romântico e de um menu quase infinito de experiências ao ar livre.

No inverno, as estadias neste resort incluem viagens ao Lost Trail Powder Mountain Resort, onde podemos esquiar em Continental Divide na fronteira entre o Idaho e Montana. Bilhetes para teleféricos, aluguer de esqui / snowboard, almoço e transporte para as pistas fazem parte do pacote.

Club Med Québec, Québec, Canadá

Quando for inaugurado em dezembro de 2021, o Club Med Québec será o primeiro Club Med do Canadá. Situado perto do Rio St Lawrence, o resort está localizado na bonita região de Le Massif de Charlevoix e estará aberto todo o ano.

Inspirado pelo seu ambiente, o Club Med Québec Charlevoix é construído com materiais de origem local, tais como madeira, pedra e telha, num estilo moderno. Segue naturalmente as curvas do terreno, permitindo tanta luz natural quanto possível e oferecendo vistas espetaculares das montanhas circundantes e da paisagem fluvial.

No inverno, o resort com tudo incluído oferece acesso ski-in / ski-out ilimitado, bilhetes para teleféricos, aulas de esqui em grupo ou snowboard, patinagem no gelo, trenós puxados por cães e muito mais. Todas as refeições e bebidas também estão incluídas.

Club Med Cervinia, Itália

As férias na neve em Itália são particularmente descontraídas e informais apesar dos italianos levarem o esqui e o snowboard tão a sério quanto a comida e a bebida.

Localizada a 2.050 m na sombra dos Alpes em Breuil-Cervinia, o Club Med Resort é um confortável refúgio de montanha, ideal para esquiadores iniciantes e intermedios. Há pistas desafiadoras para esquiadores mais  experientes, mas exigem um pouco de exploração para localizá-las.

O que torna Cervinia especial é a sua proximidade com as áreas de esqui suíças em redor de Matterhorn e Zermatt. Na verdade, é muito comum os turistas comprarem um passe de esqui combinado Cervinia / Zermatt e aproveitarem a manhã para esquiar até Zermatt, parando depois para um longo almoço na Suíça antes de voltarem para Cervinia.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.