Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

The Travellight World

Inspiração, informação e Dicas de Viagem

The Travellight World

Inspiração, informação e Dicas de Viagem

Sex | 05.03.21

5 Passeios a pé para descobrir o melhor da Sicília

fullsizeoutput_566eFotos: PxHere

Quando as pessoas pensam numas férias em Itália, geralmente imaginam os canais de Veneza, O Coliseu de Roma, a Catedral de Florença, as vinhas da Toscana ou talvez Positano, mas não menos sedutora é, a muitas vezes esquecida, Sicília — a maior ilha da Itália e do Mar Mediterrâneo. É uma terra incrível, rica em história e tradições, onde a arte e a cultura se misturam com maravilhosas belezas naturais.

Há muitas razões para visitar a Sicília e embora seja relativamente fácil e barato conhecer a ilha usando os transportes públicos, explorar a pé também tem os seus encantos. Partilho por isso cinco passeios incríveis que podem fazer na Sicília e que mostram toda a variedade que esta terra tem para oferecer.


Caminhada ao longo da costa da Sicília

Os seis quilómetros de costa entre Scopello e San Vito Lo Capo, estão integrados na Reserva Natural dello Zingaro e são impressionantes. A caminhada em si é digna de uma visita e vários pequenos museus ao longo do caminho proporcionam informações sobre a flora, fauna e vida marinha locais, mas para muitos, a maior atração são as praias isoladas, aninhadas em pequenas enseadas, acessíveis apenas a pé por trilhas laterais que levam até à beira da água. Se forem, levem comida, água e protetor solar, porque a Reserva Natural tem serviços limitados e pouca sombra.

fullsizeoutput_566f

La Passeggiata

La Passeggiata é uma maravilhosa tradição italiana que consiste num passeio noturno ao longo da via principal ou da praça central da cidade. Participar na passeggiata é uma das melhores maneiras de conhecer as duas maiores cidades da Sicília — Palermo e Catania. Em Palermo, la passeggiata é feita pela Via Maqueda, entre Quattro Canti e o Teatro Massimo. Caminhem um pouco mais e deliciem-se com um brioche siciliano recheado de gelato, na popular Gelataria Brioscia.

Na Catania, façam um passeio ao longo da Via Etnea. Comecem na Piazza del Duomo e sigam pela estrada até ao Parco Maestranze. Parem na Pasticceria Savia para comer arancinis (pasteis de arroz recheados) e restabelecerem forças antes da caminhada de volta.

palermo_politeama_piazza_sunset_teatro_city_evening_sky-1091364.jpg!d

Caminhada nas ruas de Ortigia

O centro histórico de Siracusa, Ortigia é na verdade uma pequena ilha murada com duas estradas que a ligam ao resto da cidade no continente. O emaranhado confuso de ruas estreitas, muitas delas abertas apenas para pedestres, torna muito fácil o visitante perder-se, mas essa é mesmo a ideia!

A cada nova curva podemos descobrir lojas pitorescas, cafés animados e praças interessantes, podemos explorar cada canto e olhar o mar de vários pontos de vista.

Há o suficiente para manter o visitante ocupado durante horas.

italy_fuji_sicily_e1_siracusa_fujix_fujixe1-298676.jpg!d

Caminhada até ao topo de um vulcão

Há abundância de vulcões na Sicília. O Monte Etna domina a paisagem da Catânia e Stromboli, que fica numa pequena ilha, com o mesmo nome, ao norte da costa da Sicília, é um dos vulcões mais ativos do planeta, é conhecido pela regularidade das suas erupções, que são mais bem vistas durante a noite, mas para uma subida mais acessível, considerem Vulcano, localizado noutra ilha próxima da costa (com o mesmo nome). É uma caminhada que pode ser exigente e cansativa até à cratera, porque o terreno é difícil (tem muitas pedrinhas onde podemos facilmente escorregar), mas é relativamente rápida e o esforço é recompensado por uma vista maravilhosa das Ilhas Eólias, principalmente ao por do sol.

italy_fuji_sicily_etna_e1_fujix_fujixe1-298523.jpg!d

Caminhada por entre ruínas com mais de 2.500 anos

O Vale dos Templos, nos arredores de Agrigento, é um dos maiores núcleos arqueológicos do mundo e abriga os templos dóricos mais bem preservados fora da Grécia. É aproximadamente uma viagem de ida e volta de cinco quilómetros do estacionamento principal até ao Templo di Herra na extremidade leste do parque e vice-versa.

A atração principal é Templo della Concordia, que está incrivelmente bem preservado (considerando que tem mais de 2.500 anos). O local, considerado Património Mundial da UNESCO, está entre os destinos turísticos mais populares da Sicília e tem uma maravilhosa vista panorâmica do oceano, de Agrigento e dos campos circundantes.

1ca556dd6f7da342710fcb23f7d2-1421441.jpg!d

Sigam-me no Instagram e no Facebook

Tchau!
Travellight

2 comentários

  • Essa associação à mafia é comum, mas nunca me senti insegura na Sicilia :-)
    Já Nápoles, há 15 anos atrás, era um pouco assustadora (hoje está consideravelmente melhor)
    Obrigada pelos comentários Último :-)

    Bom fim de semana
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.