Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

The Travellight World

Inspiração, informação e Dicas de Viagem

The Travellight World

Inspiração, informação e Dicas de Viagem

UM ENCONTRO FELIZ | A MINHA EXPERIÊNCIA COM OS MACACOS FOLHA PRATEADA

Olá amigos viajantes,

 

Na Malásia, em Kuala Selangor, numa colina histórica chamada Bukit Melawati perto de uma fortaleza construída no sec. XVIII, encontramos uma população residente de macacos selvagens designada por macacos de folha prateada (silver leaf monkeys).

 

P6073167.JPG

P6073109.JPG

Estes afáveis e simpáticos macacos vivem em manguezais e florestas costeiras , e são uma espécie ameaçada que pode ser encontrada apenas em Bornéu, Sumatra e na costa oeste da península da Malásia. O seu habitat natural foi diminuindo devido às plantações madeireiras e à exploração de petróleo. Eles também são caçados para a carne e comércio de animais.

 

Quem já deu uma vista de olhos pelo meu blog já reparou com certeza que adoro animais 😊 nunca tive uma experiência negativa com nenhum mas tendo viajado pelo Sudoeste Asiático cruzei-me várias vezes com macacos que podem ter comportamentos agressivos e tentar roubar a nossa comida ou alguma coisa que achem mais interessante, por isso não estava à espera de encontrar macacos tão doces e amigáveis na Malásia.

P6073089.jpg

P6073095.jpg 

A sociedade dos macacos folha prateada é matriarcal, ou seja, aqui são as fêmeas que mandam - isso talvez explique porque é que esta espécie é tão calma e pacífica 😜.

 

Quando cheguei a Kuala Selangor os macaquinhos estavam por todo o lado, sentei-me num banco e logo um deles, mais velhinho, sentou-se ao pé de mim, ele parecia tão calmo que arrisquei fazer-lhe uma festa. Ele não pareceu ficar incomodado e até pareceu gostar.

P6073072.jpg

Os folha prateada adultos são acinzentados mas os recém-nascidos são cor de laranja, o contraste é tão grande que os filhotes parecem todos adoptivos. Os especialistas acreditam que esta diferença de cor permite às mães identificar melhor os seus jovens filhos que tendem a ser muito activos e intrépidos. Os jovem macacos transitam de cor apenas três meses depois de nascerem.

 

P6073131.jpg

P6073134.jpg

P6073144.JPG

Na colina podemos encontrar uma pequena barraquinha que vende legumes que podemos comprar se quisermos alimentar estes primatas - eles agradecem é claro!

 

Mesmo quando alimentados à mão os macacos folha prateada são animais surpreendentemente suaves em comparação com os seus primos, os macacos de cauda longa. São mesmo macaquinhos bem-educados e adoráveis!

 

Depois de os alimentar fiquei sentada no chão ao pé deles e mesmo depois da comida acabar eles pareciam ter tanta curiosidade sobre mim como eu sobre eles. Muitos aproximaram-se tocando-me com as suas mãozinhas suaves e delicadas, os mais pequeninos queriam brincadeira e até uma mamã aproximou-se com o seu filhote laranja para me mostrar - fiquei encantada!

 

P6073101.jpg

 

   Foto de família 😜

 

Algumas pessoas querem ver os macacos, mas não parecem saber como interagir com eles  -  eu reparei numa família que visitava a colina e que se aproximou dos pequenos primatas com tanto medo que os seus gritos assustaram os animais. Apesar de delicados os folha prateada às vezes saltam para cima das pessoas, não magoam, mas podem assustar quem não está preparado.

 

Como eu sentei-me logo no chão e fiquei no nível deles, não tive qualquer problema, eles aproximaram-se no seu ritmo e não sentiram necessidade de saltar. Um deles acabou por vir para cima do meu joelho mas ficou ali quietinho, deliciado com as minhas festas e até as retribuiu, achei o máximo!

P6073105.jpg

P6073106.JPG

A energia que aqueles animaizinhos transmitiam era tão boa e tão positiva que até me senti comovida.

 

Sei que este não é o tipo de “programa” que agrade a muita gente, mas para quem é apaixonado pela vida animal como eu, foi uma emoção poder contactar com uma espécie de primatas que desconhecia e que se revelou tão gentil e doce, tão “humana” até. Definitivamente foi um dos pontos altos da minha última visita à Malásia.

 

Sigam as minhas aventuras mais recentes no Instagram e no Facebook!

 

Tchau!

Travellight