Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

The Travellight World

Inspiração, informação e Dicas de Viagem

The Travellight World

Inspiração, informação e Dicas de Viagem

MALASSADAS DE BATATA DOCE DA MADEIRA

img_sonhos_de_carnaval_a_madeira_2928_600.jpg

 

Quem já visitou a Madeira na altura do Carnaval com certeza que já provou as Malassadas.


Estes fritos são um doce tradicional da Ilha que é muito usual comer-se nesta época.

 

As malassadas são parecidas com os sonhos, mas a massa é mais densa. Comem-se frias, regadas com mel-de-cana de açúcar ou simples.

 

Existe a receita tradicional e outras duas alternativas: as malassadas de abóbora e as malassadas de batata doce.

 

As minhas preferidas são as de batata doce. Anotem aí a receita: 😋


INGREDIENTES:

* 1 kg de farinha
* 1 kg de batata doce
* 1L de leite
* 4 ovos
* 1 colher de sopa de sal grosso
* 50 g de fermento de padeiro
* Mel de cana-de-açúcar para acompanhar


PREPARAÇÃO:

Depois de cozer a batata doce amassa-se muito bem ou rala-se.


De seguida adiciona-se o leite e o fermento, tendo o cuidado de continuar a amassar até ficar tudo bem desfeito.
Junta-se a farinha e torna-se a envolver tudo.


Finalmente deita-se os ovos, um a um, batendo sempre até formar “bolhas de ar”.


Tapa-se com folha de alumínio e fazem-se pequenos furos deixando repousar cerca de 45m a 1h (dependendo do tipo de fermento utilizado) num local escuro e em ambiente quente antes de fritar.


É essencial que a frigideira com o óleo esteja bem quente antes de iniciar a fritura e que contenha uma boa altura de óleo. Deita-se a massa na frigideira com a ajuda de 2 colheres de sopa.


Depois de tirar da frigideira deixe esfriar e sirva acompanhado com mel de cana-de-açúcar.

 

Receita retirada com pequenas adaptações do site www.saborintenso.com

 

JARDIM TROPICAL DO MONTE PALACE MADEIRA

fullsizeoutput_216b.jpeg

 

Já todos ouvimos dizer “A Madeira é um jardim” certo? Mas qual será o mais bonito jardim da Madeira?

 

O meu voto vai para o Jardim Tropical do Monte Palace e parece que não sou a única. A conhecida revista Condé Nast Traveler, considerou este um dos mais exuberantes jardins do mundo!😄

 

o Jardim Tropical do Monte Palace, designado Património da Humanidade pela UNESCO em 2000 é uma área com 70 mil metros quadrados, que remonta ao século XIX e tem origem numa quinta com o nome de “Quinta do Prazer” que em tempos pertenceu ao Cônsul Inglês Charles Murray e que mais tarde foi transformado num hotel.


Quando o hotel fechou a propriedade ficou abandonada durante alguns anos até ser vendida ao empresário José Berardo que a transformou naquilo que hoje é o Jardim Tropical: Um espaço maravilhoso repleto de plantas exóticas de vários países e plantas indígenas das florestas Madeirenses.

 

fullsizeoutput_2131.jpeg

fullsizeoutput_215f.jpegfullsizeoutput_213b.jpeg

 

Pelo jardim encontramos janelas, nichos, pagodes, budas, lanternas e esculturas, de diferentes partes do mundo, culturas e épocas.

 

fullsizeoutput_213c.jpegjardim madeira 2.jpgfullsizeoutput_2144.jpeg

fullsizeoutput_2152.jpegjardim madeira 1.jpgfullsizeoutput_216c.jpeg

 

É de destacar também um painel composto por 166 azulejos vidrados de terracota, cujo título é “A Aventura dos Portuguesas no Japão” e um grupo de 40 painéis que retratam a História de Portugal, incluindo os acontecimentos mais importantes dos Reinados e Repúblicas.

 

fullsizeoutput_215e.jpeg

 

É um lugar cheio de cores e estilos diferentes. Num momento estamos num jardim oriental ⛩, no próximo estamos num jardim de orquídeas 🌸.

 

 

fullsizeoutput_2143.jpeg

fullsizeoutput_215b.jpeg

IMGP2364.JPG

 

A água é omnipresente. Pequenos riachos, lagos com carpas, cisnes e cascatas enriquecem e embelezam ainda mais o espaço.

 

fullsizeoutput_213e.jpegmadeira 1.jpg


Mas o Jardim Tropical Monte Palace é também um museu. Alberga duas exposições permanentes, a primeira é intitulada “Paixão Africana” e mostra parte de uma colecção de escultura contemporânea do Zimbabué. A outra intitula-se “Segredos da Mãe Natureza” e apresenta parte de uma colecção de minerais provenientes dos quatro cantos do mundo.

 

fullsizeoutput_2137.jpegmadeira 3.jpgfullsizeoutput_2138.jpeg

madeira 2.jpgfullsizeoutput_2139.jpeg

 

Se forem à Madeira não deixem de visitar este jardim. Garanto que não se vão arrepender.

 

DICA: Para lá chegar optem pelo teleférico, é um belo passeio e as vistas lá de cima são incríveis!


Horários de Visita
Todos os dias, excepto 25 de Dezembro
Horário de Visita do Jardim: 9.30 às 18.00 horas.
Horário de Visita do Museu: 10.00 às 16.30 horas.
Visitas Guiadas ao Museu são gratuitas no entanto estão sujeitas a pré-marcação e apenas para grupos.
Nota: O interior do edifício do Palácio não é visitável.

 

Entradas / Bilheteiras
Caminho das Babosas, 4A (Entrada Junto ao Teleférico)
Caminho das Babosas, 4 (Entrada Norte)
Caminho do Monte, 174 (Entrada Este)
9050-288 Funchal
Madeira, Portugal
Nota: A entrada situada no Caminho do Monte, número 174, encerra aos fins de semana.

 

Preço
Adultos 12,50 Euros (Isento de IVA)
Crianças com menos de 15 Anos: Entrada gratuita, quando acompanhadas por adultos.
Escolas: Entrada gratuita, mediante apresentação de credencial e sujeitas a marcação para visitas guiadas.

 

Transportes:
Autocarros 20,21,22 ou 48
Teleférico do Funchal directo para a entrada do Jardim Tropical Monte Palace.


Para mais informações consultem o site do Jardim Tropical Monte Palace 

 

fullsizeoutput_214f.jpeg

 

Tchau!
Travellight

HÁ QUE RENASCER DAS CHAMAS

Todos os anos pelo Verão é a mesma coisa - incêndios devastadores por todo o país...

 

Este último na Madeira deixou-me em choque e à beira das lágrimas. Ver aquela maravilhosa ilha em chamas, vidas perdidas, pessoas feridas e desalojadas e um dos meus hotéis preferidos do mundo - O Choupana Hills - destruído, é angustiante...

 

0CH_2_Custom_0.jpg

 

  foto de Rui Silva da ASPRESS

 

E depois a raiva, a raiva que sentimos quando ficamos a saber que, alegadamente, estes incêndios não são um acidente mas antes o resultado de uma acção criminosa.

A incredulidade que se apodera de nós quando nos apercebemos que a desgraça de tantos foi provocada pela maldade, descuido, desumanidade ou loucura de uns poucos.

 

No passado, noutras situações, o povo Madeirense já mostrou que é forte e perante a tragédia consegue reagir  rapidamente.

Um sentimento de solidariedade e entreajuda muito grande sempre permitiu que a Madeira recuperasse das adversidades que assolaram a ilha e por isso tenho a certeza que desta vez também não vai ser diferente.

 

A Cáritas lançou uma campanha para ajudar a Madeira, se alguém quiser contribuir aqui fica o nr da conta solidária:

 "Cáritas ajuda a Madeira" - 0035 0697 0059 7240130 28, da CGD

 

IMGP2440.JPG

   Que toda esta beleza possa ser recuperada brevemente... 

IMGP2436.JPG

   Recordação de um momento feliz vivido na minha última visita ao Choupana Hills

 

 

Travellight