Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

The Travellight World

Inspiração, informação e Dicas de Viagem

The Travellight World

Inspiração, informação e Dicas de Viagem

O DESFILADEIRO DE ONEONTA

Olá amigos viajantes!

 

O desfiladeiro de Oneonta em Oregon, EUA,  é um daqueles tesouros escondidos que temos que ver para acreditar.

Se fadas e unicórnios fossem reais por certo viveriam num sitio destes!😊

 

afb4b3dd8c63bdfdf4fdb7c9931c5cb1.jpg

 

   Foto de Danny Saidman

 

Este riacho mágico é parte do deslumbrante desfiladeiro do Rio Columbia, que é uma maravilha natural por si só, e  deve ser um dos locais mais belos da América.

 

FullSizeRender.jpg

 

Entrar no desfiladeiro é como entrar num mundo de fantasia. Ficamos imediatamente deslumbrados pelas enormes paredes rochosas, cobertas de musgo verde-esmeralda e pela luz especial que parece irradiar naquele local.

 

FullSizeRender.jpg

A caminhada é curta mas não é propriamente fácil. Antes de atingirmos a recompensa que é a vista da maravilhosa cascata, temos de fazer face a alguns desafios e ultrapassar alguns obstáculos.

 

O Verão é a altura ideal para explorar este local porque o nível de água do rio baixa o suficiente para podermos caminhar no seu leito, isto porque na verdade não existe uma trilha definida e nós andamos todo o caminho no próprio leito do rio.

 

FullSizeRender.jpg

FullSizeRender.jpg

Logo na entrada do desfiladeiro encontramos um atulhamento de troncos que é complicado de atravessar.

 

Os troncos são muitos e alguns são escorregadios e altos.

 

Se não tivermos muito cuidado, um bom calçado anti-derrapante e olharmos com atenção onde pomos os pés, podemos facilmente cair e sofrer um acidente.

IMG_6865.JPG

 

Depois dos troncos o percurso melhora e a água não ultrapassa a altura dos calcanhares mas a meio caminho o nível da água volta a subir e pode chegar até à altura do peito.

 

 

A água é gelada!!! Tu quase perdes a respiração de tão fria que é. O que vale é que esta secção é bastante curta e não leva mais do que um minuto a atravessar.

 

IMG_6857.jpg

 

É possível ir pelas bordas rochosas do desfiladeiro para tentar evitar a secção que tem água mais profunda, mas esta via também não é fácil porque as bordas são muito irregulares e escorregadias. Vi algumas pessoas a tentarem e a não conseguirem,  acabando por cair dentro de água.

 

Passado este obstáculo o resto do caminho é mais simples e podemos aproveitar para relaxar e fotografar enquanto deslumbramos-nos com as maravilhas da mãe natureza.

FullSizeRender.jpg

FullSizeRender.jpg

FullSizeRender.jpg

E depois… Eis que aparece a jóia da coroa, a recompensa de todo o nosso esforço - A espectacular cascata!

 

Podemos levar fato de banho para tomar banho lá.  Eu entrei e saí o mais rápido que conseguia porque ia morrendo de hipotermia de tão fria que era a água 😁.

 

Eu já sabia que era assim, porque durante a travessia já me tinha molhado, mas achei que já que tinha chegado até ali valia a pena experimentar, afinal só se vive uma vez.

 

6517007385_8252c0d463_b.jpg

9294238921_77c2892d8e_b.jpg

 

Se visitarmos cedo e num dia de semana, não há quase ninguém e nós podemos usufruir em paz e sossego deste mundo encantado.

 

FullSizeRender.jpg

 

Tchau!

Travellight

 

 

6 comentários

Comentar post