Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

The Travellight World

Inspiração, informação e Dicas de Viagem

The Travellight World

Inspiração, informação e Dicas de Viagem

MARK RYDEN I A CASA DAS MARAVILHAS

Olá amigos viajantes,

 

Conforme vos contei no meu post sobre Málaga, enquanto deambulava pela cidade tive a oportunidade de visitar o Centro de Arte Contemporânea (CAC) e ver, gratuitamente, uma exposição retrospectiva (a primeira na Europa) do  artista surrealista-pop norte americano, Mark Ryden intitulada "Cámara de las maravillas"

 

fullsizeoutput_10b6.jpeg

 

Há muitos anos que sou fã do seu trabalho, que conhecia essencialmente das capas de alguns álbuns pop/rock clássicos dos anos 90, como “Dangerous” de Michael Jackson, “One Hot Minute”dos Red Hot Chili Peppers ou “Love in an Elevator” dos Aerosmith.

 

Eu aprecio muito o surrealismo e a forma como combina imagens não relacionadas para criar cenas que nunca poderiam existir na vida real. Mark Ryden é um mestre nesta arte e por isso as suas pinturas e esculturas fascinam-me.

 

fullsizeoutput_10a3.jpeg

fullsizeoutput_10a1.jpeg

fullsizeoutput_10ab.jpeg

 

A sua obra é bela, simples e limpa no traço mas cheia de detalhes e carregada de conotações da cultura pop (muitas delas especificamente Americanas). O resultado final é deslumbrante.

 

 

fullsizeoutput_10a9.jpeg

 

Cada pintura é nos “servida” como uma enorme fatia de um bolo em camadas, onde a cada “dentada” descobrimos um novo sabor.


Muitas das obras tem imensa informação para processar mas é aí que reside todo o impacto do trabalho de Mark Ryden.

 

fullsizeoutput_10b9.jpeg

 

As imagens à primeira vista podem parecer doces mas olhando mais de perto tem algo de sinistro.

 

Tal como na vida real todos temos algo de bom e algo de mau, algo de princesa e de bruxa, de Dr. Jekyll and Mr. Hyde.

Não admira que o Stephen King tenha escolhido Ryden para ilustrar as capas de alguns dos seus livros.

 

fullsizeoutput_10a5.jpeg

fullsizeoutput_10af.jpeg

 

A carne, por exemplo, é um tema recorrente no seu trabalho. Segundo Ryden, “ a carne é a substância física que nos torna vivos e através dos quais vivemos nesta realidade. Todos nós usamos os nossos corpos que são como um vestido de carne”.

Parece que esta afirmação já serviu de inspiração a outra referência da cultura pop actual - Lady Gaga (lembram-se do vestido de carne que ela usou à uns anos atrás numa qualquer entrega de prémios?)

 

fullsizeoutput_10ad.jpeg

Se visitarem Málaga não percam esta exposição. Para quem gosta do género, vale muito a pena! 😊

 

Sigam as minhas aventuras mais recentes no Instagram e no Facebook

 

Tchau!

Travelight