Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

The Travellight World

Inspiração, informação e Dicas de Viagem

The Travellight World

Inspiração, informação e Dicas de Viagem

JARDIM MAJORELLE

Olá amigos viajantes,

 

Marrocos é um país fascinante e Marraquexe principalmente, é uma cidade que com as suas cores exóticas, sua Medina barulhenta e cheiro a especiarias apela a todos os nossos sentidos.

 

É uma cidade agitada e cheia de movimento mas até aqui é possível encontrar um oásis escondido - O Jardim Majorelle.

 

Le_jardin_des_majorelle_l3.jpg

 

Se formos de manhã bem cedo, assim que o jardim abre às 08:30, quase não há turistas e podemos passear descansadamente pelos seus caminhos sinuosos, ouvindo o chilrear dos pássaros e o murmurar das águas que fluem por numerosas fontes e lagoas.

 

494285775_1280x720.jpg

IMGP7289.jpg


É difícil não ficar hipnotizado pelos tons de azul cobalto e encantado pelos originais jardins de cactos desta bela propriedade. A flora e arquitectura coexistem aqui em total harmonia.

 

Marrakesh,_Majorelle_Garden_(5364663353).jpg

1280px-Marrakesh,_Majorelle_Garden_(5365280696).jp


Os jardins de Majorelle foram projectados, pelo artista francês Jacques Majorelle nos anos 20 do século passado, ainda Marrocos era um protectorado Francês.


Ele comprou o terreno, construiu uma casa e por cerca de quarenta anos trabalhou aqui para criar um dos jardins mais encantadores do mundo .

 

IMGP7252.JPG

IMGP7257.jpg

IMGP7291.jpg

IMGP7285.jpg

IMGP7288.jpg

 

Colaborando com botânicos de todo o mundo, Majorelle adquiriu uma grande variedade de plantas e árvores. Cada espécie de cactos, plantas exóticas e árvores foi colocada com precisão para criar, propositadamente, efeitos de luz e sombra dentro do jardim que se tornou na sua obra-prima final.

 

IMGP7250.jpgmarrakech-ysl-garden-7.jpg

 

Em 1937 Majorelle adicionou mais “drama” ao local pintando as paredes de sua casa e do jardim com um tom de azul cobalto inspirado numa tinta original do século XV que era feita a partir de pedras semi-preciosas lapis lazuli esmagadas.

 

Com o tempo o jardim tornou-se um projecto caro e as dificuldades financeiras aliadas a problemas da sua vida pessoal levaram Majorelle a abandonar o seu amado jardim e a voltar para França.


O jardim caiu em ruínas e provavelmente teria desaparecido completamente se não fosse Yves Saint Laurent.

 

IMGP7320.jpg

 

O designer, que se tornou chefe de uma das grandes casas de moda do mundo com apenas 21 anos, era um apaixonado por Marrocos e por este lugar em especial, que comprou em 1980 para impedir que se transformasse num hotel.

 

Após adquirir a propriedade Saint Laurent dedicou-se à restauração e ao desenvolvimento dos jardins introduzindo um sistema de irrigação mais eficaz, e mais 150 espécies de plantas. O estilista e o seu companheiro da altura, Pierre Bergé, também restauraram a casa onde tinha vivido Majorelle e passaram a residir lá.

 

Depois de Saint Laurent falecer no verão de 2008, as suas cinzas foram espalhadas no jardim de rosas e um monumento foi erguido em sua homenagem. A estrada que passa junto aos jardins também foi renomeada em sua memória - e em memória de tudo o que ele tinha feito para a preservação deste maravilhoso jardim.

 

IMGP7240.jpg

 

No jardim encontramos também um Museu Berber cuja colecção inclui têxteis berberes e jóias da colecção pessoal de Saint Laurent.


Há também uma livraria do museu com uma selecção de livros sobre Marrocos, arte Berbere e naturalmente, Yves Saint Laurent.

 

apparat-silhouettes-berberes-musee-berbere-jardin-

 

Uma pequena galeria é dedicada a imagens criadas por Saint Laurent. Os famosos desenhos 'LOVE' que ele costumava enviar como cartões postais a amigos e clientes.

 

IMGP7322.jpg

IMGP7323.jpg

  

O lendário designer de interiores Bill Willis, foi o responsável pela decoração da boutique, do café e do pátio que foram instalados no jardim em 2001.

 

Na boutique, podemos encontrar bonitas peças artesanais marroquinas de alta qualidade como casacos bordados, túnicas, chinelos de seda, almofadas, bolsas, cintos e jóias. Há também a fragrância 'Jardin Majorelle' que contem notas de flor de laranjeira, cedro e especiarias que evocam os aromas de primavera em Marraquexe. É a recordação  perfeita para trazer deste jardim! 😊

 

IMGP7328.jpg

 

 

O elegante Café Bousafsaf, tem uma esplanada agradável onde podemos beber um chá e comer um doce ou uma sanduíche.

IMGP7329.jpg

IMGP7330.jpg

 

O Jardin Majorelle representa uma doce fuga da agitação de Marraqueche e da sua paisagem deserta circundante.


Aqui podemos visualizar aquilo que o trabalho árduo e a paixão conseguem realizar quando combinadas com arte e lideradas por visionários como Jacques Majorelle e Yves Saint Laurent.

 

IMGP7274.jpg

Tchau!

Travellight

 

 

 

 

6 comentários

Comentar post