Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

The Travellight World

Inspiração, informação e Dicas de Viagem

The Travellight World

Inspiração, informação e Dicas de Viagem

FOTOS COM HISTÓRIA E POESIA I A CANOA E O RIO

 

IMGP1734.jpg

 

Tirei esta foto no Canal Cumbarjua, em Goa, na India.

Foi neste canal que liga os rios Zuari e Mandovi que vi pela primeira vez crocodilos no seu habitat natural. Lembro-me perfeitamente da excitação que senti quando o rapaz que conduzia a canoa apontou para um destes enormes repteis que descansava perto da margem ao sol.  

Guardo por isso com carinho a lembrança deste passeio de canoa.

 

 

A CANOA E O RIO

(Elsa Isabel Bornemann)

 

Contam que era branca

e que amava o Rio
e que ele o esperava
se tarde, pelas cinco.

Ela uma canoa,
e ele um verde rio...
Ela de madeira
e Ele de junco e brilho

Contam que se amavam
tal como duas crianças
que em cada encontro
os espiava um grilo.

Ela com seu brasos
de remos antigos,
doce, acariciava
sua face de vidro.
E Ele com seus labio de agua morna
toda a canoa beija as cinco.

Contam que em uma tarde
de cor de tijolo
a canoa branca
não vinha...não vinha
louco de tristeza
chamava o rio
por toda a costa
espalhou seu grito

e se ouvi-lo
um pecador leva-la
em direção a outro rio.

Contam, que
nas tardes, á cinco
os lábios de agua ficam frios,
buscam a canoa
e seus remos antigos...
e choram de saudades
e extranga o grilo.