Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

The Travellight World

Inspiração, informação e Dicas de Viagem

The Travellight World

Inspiração, informação e Dicas de Viagem

DICAS PARA PERDER O MEDO DE VOAR

Fear-of-flying.jpg

 

Alguém por aí tem vontade de viajar de avião mas tem medo? Ou conhece alguém que tenha?

 

Deixo em baixo algumas dicas para aprenderem a lidar e a ultrapassar esse medo:

 

A primeira dica é o programa da TAP "Ganhar Asas" .

 

Este programa foi desenvolvido com o único objectivo de ajudar as pessoas a ultrapassarem esta fobia e desfrutarem do prazer de voar.


O próximo programa começa no dia 23 de Novembro e são no total 24 horas divididas por 2 dias e meio.

 

O programa destina-se a pessoas que:
- nunca viajaram;
- já viajaram, mas deixaram de fazê-lo porque sentem desconforto;
- continuam a viajar, mas sentem desconforto e ansiedade sempre que precisam de o fazer.

 

O programa foi desenvolvido em conjunto com a Unidade de Cuidados Integrados de Saúde, do Grupo TAP (UCS) e conta com uma equipa especializada e multidisciplinar composta por 2 psicólogos com formação cognitivo-comportamental; 1 piloto de aviação TAP; 1 assistente de bordo TAP e 1 engenheiro de manutenção TAP.

 

Para se inscreverem no programa devem enviar um email para ganharasas@ucs.pt com o vosso número de telefone, para a TAP entrar em contacto e marcar uma consulta de avaliação inicial.

 

Para mais informações, visitem bit.ly/TAP_GanharAsas ou contactem a TAP através do (+351) 963 906 950.

 

 

Agora para quem não tem possibilidade de fazer o programa da TAP deixo em baixo as dicas de Christopher Paul Jones, terapeuta especializado em ajudar pessoas a deixarem os seus medos, ansiedades e fobias de lado.

 

Segundo este terapeuta, o medo de voar pode começar a ser ultrapassado seguindo estes 5 passos:

 

1. Encontre a causa do seu medo

A maioria das fobias tem um inicio, um momento em que a mente primeiro associa perigo à ideia de voar. Pode ter sido algo simples como experimentar um voo turbulento quando era criança ou assistir a um programa de televisão que mostrou um acidente de avião. Muitas vezes, as pessoas não estão conscientes desses “gatilhos”.
O melhor lugar para começar, portanto, é explorar a origem desse evento e perceber o que foi que fez a sua mente ligar o medo à ideia de voar.

 

2. Desafie as suas crenças

Vale a pena perguntar-se em que é que acredita para ter medo de voar. Depois pergunte a si mesmo se essa crença é real, se é verdadeira. Em que é que você se concentra quando tem medo? Racionalize e questione essas crenças.

 

3. Criando uma nova resposta de estímulo

Há um velho ditado que diz que o amor e o ódio não podem existir no mesmo lugar. Isso também é verdade para sentimentos como o medo e a calma. Ao criar um novo gatilho ligado a sentimentos e emoções positivas, e usando esse gatilho sempre que a sua fobia aparece, você pode reduzir drasticamente o impacto que o medo de voar provoca em si.


A chave é pensar, ou imaginar um momento em que você se sentiu completamente calmo e relaxado, ou seja, um momento em que por exemplo estava perto de pessoas que você ama. Agora imagine voltar para esse momento e perceber todos os sentimentos, sons e imagens que acompanharam esse evento. Quando você estiver totalmente conectado a este evento positivo, aperte o seu punho para criar um link entre a emoção e o gesto e, à medida que a emoção desaparece, solte o seu punho. Continue repetindo isso quantas vezes quiser e depois teste-o apertando seu punho. Observe o que você sente. Se for forte o suficiente, apenas o ato de apertar o punho trará de volta essa sensação de calma.

 

4. Mude a imagem de voar

A parte do cérebro que lida com a memória visual é altamente activa quando você vê algo pela primeira vez. Com os eventos quotidianos, isso desaparecerá ao longo do tempo, mas isso é diferente para uma fobia.

A neurologia mostra que a memória visual é tão activa quanto você pensa sobre a sua fobia, como quando a sentiu pela primeira vez.

Uma das maneiras de mudar o impacto dessas imagens mentais é alterá-las. Como seria se você fizesse essa imagem ficar pequena? Como seria se você passasse a ver a imagem a preto e branco?

 

5. Mude os sentimentos

Uma coisa que muitas vezes passa despercebido quando as pessoas tentam enfrentar uma fobia, são as emoções que a acompanham.

Se você ficar assustado, tente localizar esse sentimento no seu corpo.

É um sentimento pesado ​​ou leve? Que cor você associa a esse sentimento? O que acontece se você colocar mais foco nos sentimentos? Se tentar direcciona-los?

Observe o que acontece se você fizer os seus sentimentos moverem-se numa direcção oposta.

Eles começam no peito e espalham-se pelo corpo? Que tal imaginar então que começam nas mãos e que viajam em direcção aos pés?

Acelere-os, mude a cor para branco ou ouro e veja como isso pode mudar o nível de medo.

Se você conseguir mudar os seus pensamentos, sentimentos ou imagens, você se sentirá diferente. Se você mudar mais de uma coisa, você deve sentir-se ainda melhor.

 

8 comentários

Comentar post