Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

The Travellight World

Inspiração, informação e Dicas de Viagem

The Travellight World

Inspiração, informação e Dicas de Viagem

BOMBEIRO

Esta foto comovente de Paulo Novais que numa imagem capta toda a dimensão da tragédia que neste momento assola Portugal recordou-me um poema que há tempos li e que não quis deixar de partilhar convosco como uma pequena homenagem a esses grandes heróis da vida real, os bombeiros.

 

606534.jpeg

   Foto: Paulo Novais/Lusa

 

POR ENTRE LÍNGUAS DE FOGO

(Lobo Amaral)

 

Enfrenta o violento crepitar da labareda,
Liberta-se do fumo sufocante,
Agarra com determinação a agulheta,
Esquece-se de si em cada instante.

 

Revela-se inconsciente e irresponsável,
Tem família e dela se esqueceu,
Defende um bem que não lhe pertence,
Procura a vida e ninguém o entendeu.

 

O infortúnio chega sempre antes dele,
É confrontado com a incompreensão,
O egoísmo é rastilho incandescente,
E nem por isso ele sente a solidão.

 

Exausto, cai por terra,
O fotógrafo registou o cansaço
Mas a sua vontade é de aço.

 

Ele não quer notoriedade,
Ele rejeita protagonismo,
Ele quer combater para salvar,
Porque sabe dizer ALTRUÍSMO.


O seu rosto ficou negro como carvão,
O suor escavou sulcos no seu rosto inteiro,
Esconde as lágrimas de alguma desilusão,
Porque é HOMEM e também é BOMBEIRO.

 

 

2 comentários

Comentar post