Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

The Travellight World

Inspiração, informação e Dicas de Viagem

The Travellight World

Inspiração, informação e Dicas de Viagem

KARTOFFELPUFFER I A PANQUECA DE BATATA ALEMÃ

potato-pancakes-with-applesauce-579478.jpg

 

Kartoffelpuffer, a panqueca de batata é muito popular na Alemanha, onde tem vários nomes dependendo do dialecto de cada região – na Colónia, por exemplo, chama-se rievkooche. Tradicionalmente a panqueca é servida com puré de maçã, mas pode ser servida com molho de queijo ou outro que prefiram.

É um óptimo petisco e uma boa entrada.

 

Deixo em baixo a receita tradicional para experimentarem:

 

INGREDIENTES PARA A PANQUECA:

10 Batatas
1  Cebola
2  Ovos
300 gr de Farinha
Sal e pimenta a gosto
Óleo

 

PREPARAÇÃO:

Descasque as batatas
Rale as batatas directamente para um recipiente com água fria para não oxidar
Pique bem a cebola
Retire as batatas da água
Bata os ovos
Misture bem todos os ingredientes
Tempere a gosto com sal e pimenta
Frite porções pequenas num pouco de óleo
Retirar da frigideira e colocar sobre papel de cozinha para absorver o excesso de gordura.
Sirva bem quente com um pouco de puré de maçã

 

INGREDIENTES PARA O PURÉ DE MAÇÃ

3 Maçãs
1 Laranja
Meio limão
Canela
Açúcar a gosto

 

PREPARAÇÃO:

Lavar e descascar as maçãs. Deixar na água com um pouco de sumo de limão.
Cortar as maçãs em cubos pequenos (1 cm) e refogar junto com o açúcar  numa pequena panela funda.
Antes do açúcar começa a caramelizar junte o sumo da laranja e um pouco de canela.
Tapar a panela e deixar ferver lentamente.
Quando a maçã estiver mole misture tudo até ficar um puré e deixar esfriar antes de servir com a panqueca de maçã.

 

Receita tirada com algumas adaptações daqui

BOLO DE ABACATE

hqdefault.jpg

 

Hoje trago-vos a receita de bolo de abacate, mais uma sobremesa típica de São Tomé e Principe.

 

Eu provei e achei optimo! 😃

 


Ingredientes:


1 Abacate;
1 Chávena de açúcar;
2 Chávenas de farinha de trigo;
4 Ovos;
½ Chávena de óleo;
½ Chávena de leite;
1 Limão (Raspa)

 

Preparação:


Bata os ovos com o açúcar e a raspa de limão durante 5 minutos. Em seguida reduza a polpa do abacate a puré e adicione ao preparado juntamente com o óleo e o leite. Bata por mais 3 minutos. Junte a farinha e o fermento e bata até ficar uniforme. Coloque numa forma untada e leve ao forno previamente aquecido a 180º C a cozer durante cerca de 35 minutos. Retire, deixe arrefecer e decore de acordo com a sua preferência.

 

Receita retirada daqui

BOLO DE BANANA DE SÃO TOMÉ E PRINCIPE

Banana-Upside-Down-Cake-3.jpg

 

A banana é um dos ingredientes mais usados na cozinha São-tomense.

 

É confeccionada de várias formas, cozida, frita ou assada e pode acompanhar tanto pratos de peixe como de carne.

 

É também o ingrediente principal de uma das sobremesas mais populares do país, o bolo de banana.

 

Deixo em baixo a receita para quem quiser experimentar 😋

 

INGREDIENTES


6 gemas de ovos
6 claras
3 bananas
250 gr de manteiga amolecida
250 gr de açúcar
250 gr de farinha de trigo
2 colheres de sopa de leite
2 colheres de chá de fermento

Raspa de casca de 1 lima

 

Para o caramelo:

250 grs de açúcar

0,5 dl de água

 

PREPARAÇÃO

1. Primeiro prepare o caramelo misturando o açúcar e a água e deixando ferver até ganhar cor. Use o caramelo para barrar um tabuleiro.

2. Descasque e corte as bananas em rodelas finas e use uma parte para forrar o tabuleiro, já untado com o caramelo,  com elas.

3. Esmague o restante das bananas e bata-as bem juntamente com o açúcar e a manteiga até ficar em creme. Adicione depois as gemas, batendo sempre, e a seguir o leite. 

4. Junte a farinha misturada com o fermento e as raspas de lima, batendo mais um pouco. Bata as claras em castelo firme. 

5. Junte as claras em castelo ao preparado, envolvendo bem com uma colher de pau, sem bater. 

4. Verta o preparado anterior no tabuleiro previamente untado com o caramelo e as fatias de banana e leve ao forno pré-aquecido a 180°C até ficar bem cozido. Retire, deixe arrefecer, corte em cubos e sirva.

 

Receita retirada com algumas adaptações daqui

 

CAMARÕES À NEW ORLEANS

Documents-063-New-Orleans-Barbecue-Shrimp.jpg

 

 

Este é um dos pratos mais famosos da cidade de New Orleans. É muito fácil e rápido de fazer e fica uma delicia!

 

INGREDIENTES

(4 pessoas)

 

* 800 g de camarões médios
* 1 chalota
* 4 dentes de alho
* 2 colheres (sopa) de azeite
* 1 colher (sopa) de margarina
* 1 colher (chá) de molho inglês
* 0,5 dl de whisky
* 1 pitada de paprica
* Sumo de limão q.b.
* Coentros q.b.
• Sal e piripiri q.b

 

PREPARAÇÃO

1. Descasque os camarões, deixando-lhes a cabeça e a ponta da cauda e tempere-os com o sumo de limão, sal e piripiri. 



2. Descasque os dentes de alho e a chalota e pique-os finamente. Leve uma frigideira ao lume com o azeite, deixe aquecer, junte a margarina, deixe derreter, adicione depois os alhos e a chalota e deixe refogar, mexendo de vez em quando, até começar a ficar douradinho. 



3. Junte os camarões e deixe-os saltear bem. Adicione o whisky, a paprica e o molho inglês, tempere com sal e piripiri se necessário e deixe ferver. Polvilhe depois com coentros picados, envolva, deixe ferver mais um pouco, retire do lume e sirva.

 

Receita tirada daqui

 

SOPA DE FARRO E FEIJÃO BRANCO

fullsizeoutput_1b7c.jpeg

 


Em Itália, mais propriamente na Toscana fazem uma sopa de farro com feijão branco que é deliciosa e bem reconfortante para comer nos dias mais frios que se aproximam.


Para quem não conhece farro, digo-vos que é um cereal rico em proteínas, fibras, vitamina B, zinco e ferro. 

Auxilia na digestão e a normalizar o colesterol, além de ajudar também na manutenção do peso e na prevenção da obesidade.

 

É mais um grão que podemos usar como alternativa ao arroz ou à quinoa. Podem encontrar farro à venda em lojas de produtos naturais como o Celeiro.

 

Deixo a receita da sopa Toscana para quem quiser experimentar 😃:

 

Ingredientes
(para 4 pessoas)

200 g farro,
250 g de feijão branco
250 g de polpa de tomate,
80 g de presunto,
5 colheres de sopa de azeite,
2-3 folhas de sálvia,
½ cebola,
1 aipo,
1 colher de sopa de manjerona,
½ colher de chá de noz-moscada,
½ dente de alho,
Sal
Pimenta

 

Preparação

Mergulhe o farro em água por pelo menos 12 horas. Escorra e cozinhe em água temperada com um pouco de sal por cerca de uma hora e meia.


Enquanto isso, noutra panela, coza os feijões, que também devem ser previamente demolhados (ou se preferir use feijão de lata já cozido). Quando estiverem cozidos, reserve ¼ dos feijões com a água e passe o resto com a varinha mágica até obter um creme.


Corte a cebola, o alho, a sálvia, e o presunto em pedaços pequenos e o aipo em quadrados.
Junte a manjerona e a noz-moscada e refogue tudo em fogo médio-baixo por 3-4 minutos numa caçarola com 3 colheres de sopa de azeite.


Junte depois a polpa de tomate e a pimenta. Cozinhe por mais 15 minutos mexendo várias vezes e depois adicione o creme de feijão com 1 litro da sua água. Mexa novamente e após 30 minutos junte o farro e continue a cozinhar por mais 10 minutos, adicionando, se necessário, mais água dos feijões.

Finalmente, adicione os feijões que tinha reservado anteriormente e, após 5 minutos, tire do lume.

Sirva a sopa quente.

 

Receita retirada com algumas adaptações daqui

KULFI DE MANGA

vegan-mango-kulfi-ice-cream-5686.jpg

 

 

O Kulfi é uma das sobremesas preferida dos Indianos. Tem semelhanças com o sorvete em aparência e sabor; no entanto, é mais denso e mais cremoso e as especiarias dão-lhe um sabor muito original. É muito bom! 😋

 

Tem vários sabores e há várias formas de o fazer. Um dos mais populares é o de Manga, por isso deixo em baixo, para quem quiser experimentar, uma das mais simples e rápidas maneiras de o fazer:

 

INGREDIENTES

 

3 chávenas de poupa de manga em cortada em cubos (aproximadamente 2 mangas médias)

1 lata de leite condensado

200 g de natas

1 colher de café de cardamomo em pó

Sumo de limão a gosto

Açúcar a gosto

Fios de açafrão (opcional)

Pistácios picados ou amêndoas picadas

 

PREPARAÇÃO

Bata no liquidificador a manga, o leite condensado e a nata. Coe para não ficar nenhuma fibra da manga.

 

Prove para ver como está e se necessário misture o sumo de limão e o açúcar a gosto.

 

Misture o cardamomo e os fios de açafrão e leve o sorvete ao congelador.

 

Algumas horas depois, quando o sorvete estiver parcialmente congelado, leve a mistura outra vez ao liquidificador ou então bata com um batedor eléctrico dentro do próprio recipiente. Assim o sorvete ficará bem cremoso. Polvilhe com os pistácios ou com a amêndoa picada e volte a coloca-lo no congelador (se preferir, em formas individuais para gelados).

 

Se optar por não colocar em formas individuais de gelado, e servir antes o sorvete em taças, pode polvilhar um pouco mais de pistácios picados por cima.

 

MY TRAVEL WISH LIST I HOTEL JUVET LANDSCAPE

IMG_3921_DxO_raw.jpg

 

A série Norueguesa “Absolvição” (Frikjent) que passa na SIC Radical, está a dar-me uma vontade imensa de regressar à Noruega e revisitar aquelas paisagens incríveis.


Motivos não faltam mas se faltassem o Hotel Juvet Landscape resolvia.

 

Alguns hotéis conseguem ser um destino por si só e esse parece ser o caso deste hotel situado numa quinta da pequena aldeia de Alstad.


O Hotel Juvet Landscape pretende ser uma síntese da natureza Norueguesa com a sua história, cultura e arquitectura. Mostrando que o moderno e o inovador podem andar de mãos dadas com a tradição de construção local e o artesanato.

 

juvet-landscape-hotel-20.jpg

tumblr_mrlpw63xl41r5nhm8o6_1280.jpg

fullsizeoutput_1acd.jpeg

 

O hotel é composto por nove quartos independentes localizados separadamente, cada um com uma perspectiva única sobre a paisagem circundante. Além disso, há a oportunidade de ficar nos edifícios antigos da quinta, como a casa do moinho ou o celeiro.

 

Juvet-26.jpg

The-Juvet-Hotel-Valldal-Norway-Europe-0004.jpg

 

tumblr_mrlpw63xl41r5nhm8o4_1280.jpg

 

Do que vi, uma noite custa a partir de 178,00€ (1.650 NOK) por pessoa.

 

Vai definitivamente para a minha travel wish list 😊

TABBOULEH

taboule.jpg.824x0_q71.jpg

 

Tabbouleh ou Tabule, é uma salada originária do Líbano que provei pela primeira vez em Israel e que nos últimos anos tem vindo a ganhar popularidade em todo o mundo.

 

É feita com tomates, salsa picada, hortelã, bulgur e cebola, e depois temperada com azeite, sumo de limão e sal.

 

O bulgur, para quem não conhece, é um cereal com valor reduzido de gordura e rico em minerais, como o ferro, magnésio e fósforo, sendo por isso um bom alimento para quem tem a pressão arterial alta. É ainda benéfico para pessoas com diabetes ou com problemas no sistema digestivo. Funciona também como um anti-inflamatório natural.
Hoje em dia já se encontra bulgur com facilidade nas grandes superfícies comerciais.

 

Deixo a receita para quem quiser experimentar:


INGREDIENTES
(para 4 pessoas)

 

* 45 g de bulgur
* 200 g de tomate picado
* 1 cebola picada
* 2 pepinos picados
* 3 colheres (sopa) de sumo de limão
* 2 colheres (sopa) de azeite
* sal e pimenta preta a gosto
* 1/4 colher (chá) de noz-moscada
* hortelã picada
* salsa picada


PREPARAÇÃO

* Num recipiente, coloque o bulgur de molho em água quente (fervida) por cerca de 20 minutos (ou o tempo que vier indicado na embalagem)

* De seguida escorra e esprema o bulgur nas mãos para retirar o excesso de água

* Junte depois a cebola, os pepinos, a hortelã, a salsa e o tomate picado e tempere com o sumo de limão, o azeite, sal, pimenta preta e nós moscada.

* Sirva a salada fria

PANTERA ROSA

vitamina-de-coco-abacaxi-e-morango.jpg

 

 

Olá amigos viajantes,

 

Hoje deixo-vos a receita de um delicioso e refrescante batido que provei o ano passado na Costa Rica e a que eles chamavam Pantera Rosa porque fica com a mesma cor da conhecida personagem de animação A Pantera Cor-de-Rosa. 

 

INGREDIENTES:

100 ml de sumo de abacaxi ou ananás
50 ml leite de coco
morangos
1 Bola de gelado de morango

 

PREPARAÇÃO:

Bata todos os ingredientes no liquidificador, sirva num copo alto e decore com um morango.

CAUSA LIMEÑA DE FRANGO OU ATUM

fullsizeoutput_1a79.jpeg

 

Este prato delicioso e leve é muito popular, principalmente no Verão em Lima, no Peru.

 

Tem por base a batata e um recheio que pode ser de frango, atum, guacamole, ou qualquer outro que o cozinheiro decida experimentar. É óptimo para aproveitar sobras de carne ou peixe.

 

É servido como entrada nos principais restaurantes locais e o seu nome vem da palavra quechua "kausai" que significa sustento e alimento, ou "o que alimenta", porque assim era conhecida a batata pelos Incas.

 

Fica a receita em baixo se quiserem experimentar 😃


INGREDIENTES
Receita para 8 pessoas:

1,5 kg batatas
½ chávena de azeite
Sumo de 3 ou 4 limões
Pimenta vermelha a gosto
Sal a gosto
1 Peito de frango cozido desfiado ou atum
½ chávena de maionese

Decoração 
4 ovos cozidos, cortados
azeitonas sem caroço
salsa picada
tomate cortado em pequenos pedaços

 

PREPARAÇÃO

Ferva as batatas com sal e metade de uma fatia de limão;

Depois de cozidas, escorra as batatas e reduza-as a puré usando uma garfo (ou um esmagador de batatas).


Deixe esfriar e depois adicione o sal, o sumo de limão, o azeite e a pimenta. Misture todos os ingredientes provando o sabor, se notar que a massa está muito seca, acrescente mais azeite. A ideia é obter uma massa maleável que não se desfaça quando se trabalha.


Prepare o recheio, misturando o frango desfiado ou o atum com a maionese.

 
Em pequenas formas de pastelaria, em forma de anel, coloque uma camada da massa de batata, depois uma camada de recheio de frango ou atum e depois outra camada de batata.


Retire o anel com cuidado e decore os bolinhos com os ovos cozidos, azeitonas, tomate e salsa.

 

Pode variar o recheio e fazer alguns dos bolinhos com guacamole ( misture 3 abacates maduros, ½ cebola roxa, 2 colheres de coentros picados, 4 tomate cherry, azeite qb, sal e pimenta qb, 1 lima, 1 malagueta).

 

Ou qualquer outro recheio que preferir.


receita tirada com adaptações daqui